Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Greicy Weschenfelder

Dias de férias

, 14 de janeiro de 2022 às 9h29

Penso que as férias são o sonho desejado por todos. E, quando chegam, parece que não são reais. Levamos dois dias para acreditar que elas finalmente chegaram; outros dois dias para ‘planejar’ o que se fará dos dias abençoados. Mas a matemática ainda não para aí, e por isso a sensação que as férias passam tão depressa. Tem ainda os dias que organizamos a casa, preparamos as refeições e assumimos ‘limpar’, desfazer-se e ‘arrumar’ alguns itens de casa. Isso leva alguns dias. Ah, são dias reservados para dar e ou fazer um ‘check up’ na saúde, ir ao dentista, dar um trato na beleza. Calcularam? Certamente se deram conta de que passaram-se já vários dias e deste instante em diante começa a bater uma certa ansiedade e pensamos em aproveitar as férias e garanto que neste momento muitos pensam em praia.
Praia parece ser uma excelente pedida para quem goza das férias no período de janeiro, fevereiro. E lá, sabemos que tudo se repete ano após ano. Alguns ‘stresses’ como mercados lotados, trânsito ruim e preços altos. Mas tem também aquilo que buscamos muito, a total falta de rotina, a paz que o mar nos traz, a vitamina do sol, os passeios e o descanso. Já passa o filme na nossa cabeça desses dias: levantar tarde, ir à praia; almoçar sem horários, voltar ao mar, areia, sol, chimarrão, caipirinha…
Eu diria que para os que planejam as férias, estes são momentos para viagens mais longas. Embora que nessa crise e em tempos de pandemia não sei se são alternativa para este ano. Mas para quem viaja nas férias tem aí lembranças e boas energias para todo ano.
Se você chegou até aqui e pensou nas suas férias e se alegrou pois vai ter praia, viagem, sair da rotina, alegrias. Que bom! Mas você sabe também que geralmente as coisas não ocorrem como queremos e, geralmente, são nesses dias que o nosso médico marca aquela cirurgia que há tempos temos que fazer, aquele pé que machuca, aquela virose que resolve aparecer ou alguma outra doença visitante nos dias de férias.
E não posso esquecer de falar do ócio, sim, ele é bem necessário, especialmente no período de férias. Significa ficar sem fazer nada, folgar de corpo e mente. Literalmente, deitar-se no sofá e não pensar e não fazer nada. Não confunda com dormir. E despretensiosamente ler alguma coisa, olhar algo na tevê, uma leve cochilada e assim… divagando.
Adoro ler textos cujos autores relatam suas histórias de férias. Todo mundo sempre tem algo a contar do período de folga. Para alguns tudo dá certo, para outros coisas engraçadas acontecem. Muitos são visitados nas férias por intempéries e tristezas e assim vamos vivendo. Quem vive tem histórias e como elas são importantes!

Como estão sendo suas férias? Já tem algo para contar?

Por daiane