Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Câmara de Vereadores

Vereadores cobram melhorias de iluminação, pavimentação e calçamento nos bairros

, 9 de julho de 2021 às 10h15

A sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Arroio do Meio, realizada quarta-feira, ficou marcada por um momento histórico: pela primeira vez, cinco mulheres compuseram o plenário ao mesmo tempo.

Na oportunidade, assumiram cadeiras as vereadoras suplentes Michele Zanotelli e Angela Bruxel, ambas do MDB, que fizeram 352 e 243 votos na última eleição, respectivamente. Elas ficam no lugar dos também emedebistas Marcelo Schneider e Rodrigo Kreutz, que estão licenciados pelo período de 60 dias, a contar de 1º de julho. Diante disso, também assumiu a vice-presidência da Casa, Adiles Meyer (MDB), no lugar de Schneider.

Todos os vereadores que se pronunciaram no plenário deram as boas-vindas às novas colegas e enfatizaram a representatividade feminina, que era inexistente no início da vida política do município.

Todos dos três projetos em pauta foram aprovados por unanimidade. Eles aprovam o Plano Plurianual (PPA) para o período de 2022 a 2025; a aquisição de R$ 2,5 mil em materiais de construção para reforma e ampliação de uma cela no interior do Presídio Presídio Estadual de Arroio do Meio, assim como iniciar a construção de um muro na parte frontal; e um convênio com o Governo Estatual para habilitação ao Programa Pavimenta – a matéria tem por objetivo realizar as análises técnicas para futuras parcerias entre o Estado e os Municípios para a realização de determinadas obras de infraestrutura.

Nelson Paulo Backes (PDT) comentou o auxílio ao presídio e o Programa Pavimenta, que vieram em regime de urgência. O primeiro, um auxílio ao Estado, que segundo o colega José Elton Lorchseiter (PP), o Pantera, atende um pedido da direção e, o segundo, regularização do credenciamento.

Outros seis projetos foram enviados para análise das Comissões de Constituição e Justiça e de Finanças e Orçamento.

BÔNUS AGRÍCOLA SERÁ ANUNCIADO ATÉ O FIM DO ANO – Roque Haas, o Rocha (PP) retomou a abordagem de que agricultura, assim como indústria, é a base da economia, e precisa ser valorizada, considerando altos investimentos em andamento. Falou de programas de incentivo existentes e que estão sendo feitos levantamentos, devendo, até o final do ano, estar tudo pronto para a criação de um bônus produção. Citou um levantamento que aponta que, dos 800 Talões de Produtor cadastrados no município, mais de 70% são de idosos. Por isso, defendeu alternativas para viabilizar a sucessão rural. O vereador também falou da progressão de obras asfálticas e que, se necessário, se busque financiamento. Rocha também sugeriu a busca de recursos para serem investidos na educação. Ele voltou a comentar sobre as pinguelas no distrito de Forqueta, que ambas precisam passar por conserto, e que se busque parceria com o município de Marque de Souza. Ao final enfatizou pequenas ações que muitas vezes fazem a diferença, usando como exemplo a organização dos distritos, elogiando a subprefeitura de Forqueta.

MELHORIAS EM FORQUETA – Adiles Meyer (MDB) enalteceu a representatividade feminina na Câmara de Vereadores. Quanto aos seus pedidos, cobrou melhorias na pracinha dos fundos da subprefeitura de Forqueta, investimentos em coisas simples, que todos possam usufruir com segurança. Pediu o estudo da viabilidade técnica para a instalação de um ou dois quebra-molas no travessão da Linha Pitsch e, em nome de um cadeirante, a colocação de grades nas “bocas de logo”, na rua São Caetano.

VEÍCULO PARA CADEIRANTES E PEDÁGIO – Nelson Paulo Backes (PDT) falou da necessidade de aquisição de veículo adequado para o deslocamento de cadeirantes na secretaria de Saúde, já que não há nenhum com essa possibilidade na frota municipal. Também sugeriu a colocação de um redutor de velocidade nas imediações da Escola, Salão Comunitário e Igreja, na Picada Arroio do Meio. Enalteceu o trabalho das funcionárias da educação, Joice Johann Bordignon e Carolina Kraemer que, com a Emater, promoveram a aquisição e distribuição de kits da agricultura familiar para pessoas necessitadas do município. Foram 1.022 cestas, compostas por alimentos coloniais. Backes também comentou a respeito da concessão da praça de pedágio. Falou que esteve com o prefeito em Porto Alegre, onde trataram sobre o assunto, mas frisou a importância da população se mobilizar, se manifestando contra a realocação da estrutura e instalação no perímetro de Arroio do Meio. “Conforme o pessoal de Porto Alegre, é bem mais simples deixar onde está. Mas vai valer quem fizer mais força. O município de Encantado está mobilizado”. Por último, comentou sobre a reunião da qual participou que tratou a respeito de segurança pública, no gabinete do prefeito na segunda-feira (página 08).

EMPODERAMENTO FEMININO, PEDÁGIO E PRAÇAS – Alessandra Brod (PP) revelou que está prevista para o domingo (11), na comunidade de Palmas, uma manifestação pacífica e contrária à colocação do pedágio na localidade. Também enalteceu o momento histórico da câmara, pela primeira vez composta por cinco mulheres. Aproveitou para destacar a importância do conselho da mulher e o movimento feminista. “Isso demonstra o empoderamento feminino, chegando-se no consenso da importância dessa equidade. O movimento feminista quer condições igualitárias entre homens e mulheres”, pontuou. Alessandra lamentou que a pandemia trouxe aumento da violência contra a mulher. Pediu para que todas as mulheres apoiassem umas às outras. A vereadora também pediu melhorias na rua Paraíba e falou da disponibilidade, no portal da transparência, da lista de espera das cirurgias eletivas. Mas, sem os nomes das pessoas. A legisladora também pediu melhorias nas praças de lazer dos bairros. Em aparte, Adiles Meyer, sugeriu que as pessoas re responsabilizem algumas praças através do projeto Adotem um Jardim, com apoio da Administração. Alessandra complementou dizendo que hoje são 140 áreas de lazer no município.

MANUTENÇÃO DE VIAS E ILUMINAÇÃO PÚBLICA EM BELA VISTA – Michele Zanotelli (MDB) agradeceu a oportunidade por assumir a cadeira, à Deus, à família, e a todos que lhe apoiaram na conquista dos 352 votos na eleição. Destacou a boa receptividade dos colegas. A vereadora disse que reside com a família no Bairro Bela Vista. Nasceu em Toledo-PR e que mora em Arroio do Meio desde os 7 anos de idade. Estudou na Escola Dona Rita, Bela Vista e Guararapes. Que cursa enfermagem e trabalha no Hospital São José. Ainda, que levou pedidos da comunidade, como, o desconforto de trafegar em algumas vias públicas ensaibradas, seja pela poeira ou barro, as quais necessitam manutenção constante. Pontuou vias nos loteamentos Alto do Arvoredo, Vale do Arvoredo, Monte Belo, Nova Bela Vista e Loteamento Popular Bela Vista (Glória), onde falta pavimentação. Com os seus pedidos atendidos, pretende-se melhorar a qualidade de vida das pessoas. Também cobrou melhorias em iluminação pública, para mais segurança e minimização de transtornos para quem precisa sair de casa no escuro.

MELHORIAS NO AIMORÉ E EM SÃO CAETANO – Angela Bruxel (MDB) disse ser moradora do Bairro São Caetano, que é pós-graduada em enfermagem e que trabalha na saúde pública do município. Agradeceu pela oportunidade e pelos 243 votos. A vereadora também pediu o calçamento da Rua Paraíba, no trecho Hellmuth Kuhn e Fridhold Kuhn. Comentou que a academia situada ao lado do ESF2 está sendo muito utilizada até mesmo pelas mães com crianças que precisam esperar por atendimento no Posto do Centro. Observa que, com o tempo mais úmido, fica complicado utilizar o local que é de chão batido. Ainda, pediu calçada e acostamento em pelo menos um dos lados da rua Artur José Schroeder. Disse que o Loteamento Brisa da Montanha está em crescimento e que isso se torna importante. Angela ainda enalteceu que está liberada a toda a população, a partir dos seis meses de idade a vacina da gripe (H1N1). Da mesma forma, destacou que segue a vacinação contra a covid-19. Por último, parabenizou a todos da saúde pelo empenho.

VACINAÇÃO DA H1N1 – Maria Helena Matte (MDB) deu as boas-vindas às colegas Michele e Angela, destacando que a mulher não vem para competir e sim para participar. Também divulgou o calendário de vacinação, que conforme o Ministério da Saúde, a aplicação das doses contra a gripe H1N1 está liberada ao público em geral das 13h30min às 16h nos postos de saúde. Convida a comunidade a se vacinar, tomando os cuidados necessários, enaltecendo a importância da imunização.

RASTREAMENTO DA FROTA MUNICIPAL – José Elton Lorscheiter, o Pantera (PP) falou de sua satisfação em ver na prática o projeto do rastreamento dos veículos da prefeitura, que apresentou em 2019 enquanto ante-projeto e foi engavetado. Revelou que a licitação inicia na próxima semana para a instalação do sistema em 38 veículos, num primeiro momento. Disse que o investimento é de R$ 19 por mês, por veículo. Vem para facilitar os serviços e ter o histórico do veículo, facilitando decisões logísticas e checkouts administrativos. “Numa emergência, por exemplo, o secretário de saúde pode ver onde está a ambulância mais próxima e acioná-la, podendo salvar vidas. E sim, se tiver algum mau condutor, que seja cobrado”. Pantera também falou da Educação e do contrato assinado para ocupação da Escola São Paulo. “Serão iniciadas as reformadas nos próximos dias para, a partir do ano que vem ter mais uma escola de educação infantil. O investimento será abatido no aluguel. Na mesma linha, o vereador informou que nas próximas semanas começará a ampliação da Escola Raio de Sol. Também falou sobre a progressão de obras asfálticas. “É questão de horas para conclusão do asfalto da Dom Pedro II e envio de máquinas para Arroio Grande”. E por fim, falou da reunião que serviu para constituir a associação dos bombeiros voluntários de Arroio do Meio (página 07).

AGRICULTURA FAMILIAR, SEDE PARA BOMBEIROS E PEDÁGIO – Paulo Heck (MDB) falou dos incentivos projetados para produtores de leite, suínos e aves, mas que não se pode esquecer dos pequenos agricultores familiares que produzem os alimentos do dia a dia, como para merenda escolar e refeições das famílias. Pediu ajuda dos vereadores, para que procurem seus deputados, para que seja aprovado o crédito emergencial para a agricultura familiar. Heck sugeriu a cedência de um terreno no loteamento comercial Coxilha Vermelha para a sede da Associação de Bombeiros Voluntários. Ainda, parabenizou os envolvidos no turismo que estão avançando e fazendo investimentos. Heck, a exemplo de outros vereadores, a respeito da praça de pedágio, disse que é preciso se unir para que o município não seja dividido. O vereador também comentou a respeito de seus requerimentos, destacando a iluminação no trecho da Dom Pedro II, que é bastante utilizado.

VERBA EXTRA DE ICMS, PEQUENAS EMPRESAS E RETOMADA DAS AULAS – Cesar André Kortz (MDB) revelou que o município irá receber em torno de R$ 1,6 milhão de ICMS vinculados a antiga CEEE. Deixa como sugestão melhorias na segurança pública; o trecho crítico sem calçada e sem acostamento na rua Artur Schroeder; e da necessidade de asfaltar o trecho de chão batido entre a Arthur Schröeder e rua Dona Rita. Disse que hoje praticamente todo o movimento das empresas está saindo por essas vias. Outra sugestão é que o dinheiro seja aplicado na UTI. Kortz também parabenizou a Escola São Caetano, pelos 111 anos comemorados no último dia 5. Acrescentou que estudou no educandário e que faz parte, há 8 anos, do CPM. “Hoje a Escola tem um protocolo para a pintura das faixas de segurança. Peço uma atenção especial, assim como nos arredores de outras escolas”. O vereador se disse contente a respeito da ampliação da escola Raio de Sol e da escola São Paulo. Kortz destaca que não houve casos de covid dentro das escolas atendendo 50%. Logo, essa movimentação vai avançar para uma porcentagem maior e tudo vai começar a voltar ao normal, com impactos positivos na economia. O legislador ainda pediu mais atenção com as pequenas empresas, as quais precisam ajudas simples como acesso, terraplanagem, licenciamento. No loteamento Coxilha Vermelha tem cinco terrenos e nove empresas na fila de espera. “Que se faça o edital e sejam selecionadas as empresas que poderão se instalar. E que já se pense em outro loteamento, o que é um ‘baita’ incentivo. Por último, o vereador pediu a colocação de brita em algumas ruas, sendo esse um pedido de moradores.

Ângela Bruxel (MDB)

Michele Zanotelli (MDB)

Por daiane