Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Meio Ambiente

Políticas públicas em Travesseiro voltadas para preservação ambiental

, 4 de junho de 2021 às 9h45

O Departamento do Meio Ambiente de Travesseiro realiza neste sábado, dia 5, a 9ª edição da campanha de coleta de materiais eletrônicos. Os resíduos podem ser depositados em um espaço montado na avenida 10 de novembro, em frente à secretaria da Agricultura, das 8h às 11h30min. Podem ser descartados materiais como calculadoras, brinquedos eletrônicos, celulares, carregadores e equipamentos de informática.

Campanhas de destinação correta de materiais eletrônicos ocorrem nos meses de junho e dezembro. Todos os materiais coletados são encaminhados às empresas licenciadas, que descartam o material corretamente. Conforme o engenheiro ambiental e coordenador do Departamento do Meio Ambiente, Chrystian Estevân Quinot, além de acompanhar a coleta e destinação de resíduos, o município segue políticas públicas de acordo com regimentos de legislações federais e estaduais, determinadas por códigos de Meio Ambiente e leis municipais, que têm como objetivo assegurar um ambiente saudável e ecologicamente equilibrado para as futuras gerações.

Sobre a coleta de lixo, o coordenador detalha que a coleta de resíduos na área urbana ocorre semanalmente por uma empresa terceirizada. Na área rural, a coleta é feita uma vez por mês, sempre na última sexta-feira.

Todos os resíduos coletados passam por uma triagem. Rejeitos não recicláveis são enviados ao aterro sanitário em Candiota, outra empresa instalada no município coleta materiais recicláveis como papelão, latas de alumínio e plástico para a seleção, pesagens e venda de materiais para usinas de reciclagens da região.

Em números, no ano de 2020, Travesseiro destinou uma média mensal aproximada de 20 toneladas de resíduos (reciclável + rejeito) ao aterro sanitário. Em oito edições de campanhas de descarte correto já foram coletados 250 litros de óleo de cozinha usados, 365 quilos de pilhas/baterias além de 415 unidades de lâmpadas fluorescentes.

RECUPERAÇÃO DE NASCENTES E MATA CILIAR

Dois programas voltados à preservação ambiental também estão em andamento no município. Um deles instituído por Lei Municipal compreende no Programa de Proteções de Nascentes, que tem como objetivo a construção de estruturas físicas para proteção de nascentes e captação de água para atender as necessidades básicas da propriedade rural. Em parceria com a Emater já foram recuperadas 37 fontes.

A recuperação de mata ciliar, recuperação de córregos e padronização de metragens de Área de Preservação Permanente (APP) é outra iniciativa em andamento. O município integra o Programa de Recuperação Sustentável da Mata Ciliar do Arroio Travesseiro e Macuco. De acordo com Quinot, as ações ocorrem em parceria com a Promotoria Regional de Meio Ambiente da Bacia Hidrográfica dos rios Taquari e Antas, que permite, no futuro, evitar a degradação de encostas, além de recuperar áreas permanentes em córregos.


Materiais já coletados em campanhas

70 – TV/Monitores
96 – Celulares/Tablets
35 – Rádios/Som
415 unidades – Lâmpadas fluorescentes
250 litros coletados de óleo de cozinha
365 quilos coletados de pilhas e baterias
20 toneladas de resíduos destinadas
ao aterro sanitário de Candiota

Por daiane