Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Resenha do Solano

Cheiro de asfalto no ar?

, 11 de junho de 2021 às 9h59

Apesar da euforia política e comunitária com o anúncio das obras asfálticas em direção a Capitão e Travesseiro, eu só acredito vendo depois de pronto. Já ‘estive junto’ em outros anúncios, a turma da alta cúpula, olhando nos olhos, jurando, assinando e carimbando ‘ofícios’, só pra ganhar manchetes, espaço no ‘calendário pré-eleitoral’ e no imaginário popular. Sem falar nas vezes que as empreiteiras levaram a frota embora semanas depois do resultado das urnas. “Está sendo anunciado um ano antes do período eleitoral. Não vamos vir com estacas nas vésperas”, afirmou o governador Eduardo Leite na live, onde declarou não concorrer a reeleição, e pelo que deu pra entender, vai tentar o Palácio da Alvorada (Brasília).

De acordo com o vereador Paulo Roberto Heck (MDB) que já foi secretário de Obras, para o RS entregar todos os asfaltos prometidos até o fim de 2022, terão de ser feitos 2km por dia a partir da data do anúncio. Não é algo tão simples, pois não temos tantas empreiteiras e piche sob demanda. Muitas estaquinhas virão na véspera sim.

Se o governo obter êxito – e isso não for mera ‘habilidade’ de criar um cenário politicamente otimista – o governador terá um diferencial entre os candidatos a presidência da república e seus aliados no RS terão mais força diante da esquerda. Lembrando, o RS estava completamente quebrado. Agora, com mais ou menos seis anos de ajustes (começaram no Governo Sartori), tem dinheiro!

Tenho convicção de que se a obra da ERS-482 sair, será pela “parceria” dos municípios. Para Arroio do Meio, não vai ser algo barato. Olhando de fora, e considerando outras demandas (UTI, mais asfaltos, travessia da ERS-130, etc), talvez uma saída do Executivo, será negociar algo com a Secretaria Estadual do Desenvolvimento chefiada pelo MDB, um financiamento via Badesul, que terá que ser aprovado pela Câmara.

ADIAMENTO – Em decorrência do decreto da noite de sexta-feira passada, as finais do Campeonato Estadual de futsal Sub 9, programados para ocorrerem no sábado dia 5, no Salão Paroquial em Arroio do Meio, foram canceladas. Há expectativa de novo agendamento para o dia 19. Pelo mesmo motivo, também não ocorreu o jogo entre o Prata da Casa e Veranópolis, que será acompanhado pelo avaliador da base do Internacional.

LIVES E LIVES – Pelo que apuramos na cobertura do especial “Dia dos Namorados”, em decorrência da falta de ‘eventos sociais/baladas’ aos sábados, muitos jovens estão preferindo fazer confraternizações em casa assistindo lives, e preferindo sair nos outros dias para socializar e interagir dentro das normas de prevenção da covid-19. Os políticos não fazem diferente, comemoraram anúncios de obras acompanhando lives no gabinete. Que momento!

AS DROGAS E AS INSTITUIÇÕES – De acordo com o delegado da Draco, Dinarte Marshall Jr., a maioria das drogas sintéticas é produzida com matéria-prima da indústria farmacêutica e veterinária, mas nem por isso são medicinais, pelo contrário (mais detalhes página 05). A Anvisa delibera o uso/aplicação desses insumos na indústria nacional. Por isso a principal suspeita é de que venham de forma clandestina pelos 16 mil km de fronteira seca ou 8 mil km litoral. Estamos no país em que o STF discute a Copa América, que aeronaves de políticos transportam ‘agrados’ para reuniões políticas nacionais e internacionais e que artistas tentam pular entre sacadas. Logo vão dizer que louco é quem trabalha no comércio…

RETIFICAÇÃO – Diferentemente do divulgado na edição passada o nome do diretor de patrimônio do Clube Sete de Setembro de São Caetano, é Everaldo Costa e não Claudiomiro.

Por daiane