Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Coronavírus

Lajeadense será usado como abrigo durante a pandemia de Covid-19

, 30 de abril de 2020 às 9h46

Foi assinado na terça-feira, dia 28, o contrato de locação entre o Clube Esportivo Lajeadense e a JCI Lajeado, para a utilização do alojamento do estádio como abrigo para pessoas contaminadas por coronavírus. A partir do próximo mês, o contrato será entre a prefeitura e o clube.

Serão alojadas, pessoas contaminadas que estejam em bom estado de saúde, sem necessidade de internação hospitalar e que vivam em situação de vulnerabilidade social, onde não é possível fazer o adequado isolamento domiciliar. O objetivo da ação é evitar a disseminação do vírus.

O alojamento do clube, que passou recentemente por limpeza, é composto por seis quartos com três camas cada. Há ainda dois vestiários com oito chuveiros e banheiros.

Pelo contrato assinado, JCI e prefeitura quitarão a dívida de R$12 mil do clube Alvi-azul com a RGE. A cada 30 dias serão pagos R$ 4 mil mais a energia excedente utilizada. A prefeitura arcará com os custos de alimentação, material de higiene, água e prestará serviço de assistência social, além de disponibilizar os serviços da secretaria de Saúde.

Arrecadação para combater o coronavírus

O valor utilizado neste contrato entre Lajeadense e JCI faz parte do montante arrecadado no mês de março em ação com o Fórum das Entidades Empresariais e Sociais de Lajeado. O grupo iniciou a campanha Juntos pelo Vale, com o intuito de arrecadar recursos para unidades de saúde da região combaterem o coronavírus. A JCI Lajeado está à frente da iniciativa para intermediar a arrecadação e o investimento dos valores.

Após uma semana de arrecadações, foi sinalizado a primeira demanda por parte da Secretaria da Saúde de Lajeado e do Hospital Bruno Born (HBB), referente ao alojamento de profissionais de saúde que estão expostos à Covid-19 e têm familiares em grupo de risco. Foi atingido o montante de R$ 35 mil e o valor começou a ser destinado à hospedagem destes profissionais. O Imperatriz Hotel prontificou-se a ser parceiro, assim fornecendo alguns quartos com diária de R$ 50 para custear despesas de água e luz.

Por Alan Dick