Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Dia da Mulher

Rainha Estudantil ficou marcado na história evidenciando a mulher arroio-meense

, 6 de março de 2020 às 15h55

Os anos 60, 70, 80 e 90 deixaram saudade para muitos devido à suas canções, modas, cores e movimentações. Em Arroio do Meio, presente nessas tão distintas épocas, e fazendo parte da história, não apenas para as suas participantes, mas para toda a cidade, o concurso e as belas moças eleitas do Rainha Estudantil também são lembrados com nostalgia.

Surgindo em uma época em que havia poucos concursos de rainha no âmbito municipal, o Rainha Estudantil consolidou-se tendo o apoio da União dos Estudantes Secundários de Arroio do Meio. Os colégios escolhiam suas representantes, normalmente com idades entre 15 e 18 anos, e as belas jovens se preparavam para a grande noite, no Clube Esportivo. Era uma disputa entre amigas, não para ditar quem era a mais bela, mas sim para celebrar a juventude.

Na noite do baile, as candidatas desfilavam e os seletos grupos de jurados tinham a desafiadora função de pontuá-las até que se chegasse ao nome da vencedora. Para a rainha, não faltavam a tradicional faixa e o buquê de flores, além da foto clássica junto ao famoso espelho do clube.

A tradição não estaria completa sem a participação no desfile de 7 de setembro, onde a Rainha Estudantil era apresentada à sociedade arroio-meense, desfilando em cima de um belo carro, entre os blocos. O concurso ocorreu entre os anos de 1965 e 1998. Ao todo, foram 30 rainhas eleitas. Estas lembranças e a importância da força feminina e da juventude são resgatadas durante o Mês da Mulher, pelo jornal AT, que trará em suas páginas as fotos das eleitas. Nesta edição, a lembrança das primeiras rainhas: Lizete Schneider, Jeane Tasca, Dolores Picinini, Renata Trentini, Liane Friedrich e Rosalita Schneiders.

Por Alan Dick