Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Agricultura

Programa Susaf beneficiou agroindústria

, 23 de julho de 2018 às 9h50

A família Ferrari, instalada em Picada Taquari/Pouso Novo, dedica seu tempo de forma integral na produção de ovos licenciada através da Agroindústria de Ovos Coloniais Ferrari. Liderada por Floraide Ferrari, 62 anos, a família atua há 8 anos com uma agroindústria que abriga em dois galpões duas mil galinhas poedeiras para postura. A granja gera uma produção média diária de 145 dúzias de ovos que chegam ao mercado após criteriosa classificação, higienização e embalagem, atendendo todos os critérios e leis exigidas pelo sistema de fiscalização municipal e estadual.

A empresa é atendida por Floraide Ferrari e seu filho José Carlos Machado, que largou do serviço de balconista em restaurante para trabalhar na agroindústria e seu genro Jovani da Silva, que atende basicamente a parte burocrática que exige de conhecimentos em informática. A responsável destaca a evolução da empresa no mercado a partir da instituição do Programa Susaf em Pouso Novo, que permite a venda de ovos fora do município, onde atende programas sociais do governo e escolas municipais. Além de Pouso Novo, mantém comercialização em Fontoura Xavier, São José do Herval, Marques de Souza, Travesseiro, Forquetinha, Lajeado e Estrela. Atualmente está com o foco voltado para o mercado em Soledade.

A produção de ovos de qualidade, segundo Floraide, começa por ocasião da aquisição de frangos sadios devidamente vacinados. Estas aves são adquiridas com 90 dias de vida, sendo que a produção de ovos se inicia quando o animal atinge 130 dias. A partir daí um lote de galinhas produz por cerca de 95 semanas ou mais de 22 meses, quando são trocadas por outro lote. Toda produção é acompanhada por planilhas diárias que permitem saber qual a produtividade das aves. Dentro de um ciclo normal e com alimentação adequada, onde a empresa utiliza ração de postura da Cooperativa Languiru, um lote de mil aves proporciona uma produção de ovos por dia que dificilmente baixa de 995 unidades.

A maior dificuldade enfrentada por uma agroindústria do porte dos Ovos Coloniais Ferrari é, segundo Floraide, a legislação que passa por uma grande burocracia e exigências. José Carlos cita que uma pequena empresa precisa de adaptar à legislação de uma grande granja. “Isto exige o investimento permanente de recursos”, comentou José.

Por daiane