Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Matéria sensibiliza e desperta a solidariedade

, 7 de janeiro de 2017 às 9h30

Arroio do Meio – Uma matéria veiculada no caderno especial de Natal que também foi capa da edição d’O Alto Taquari do dia 23 de dezembro sensibilizou e despertou o espírito natalino de leitores que doaram material escolar, brinquedos e roupas a um menino carente do bairro Navegantes. A matéria contava a história do pequeno Luan, de quatro anos, morador da rua Campos Sales. Ele pedia ao Papai Noel material escolar, já que está prestes a ingressar na escola de Educação Infantil do bairro onde mora.

O pedido do menino foi atendido e as doações começaram a chegar ainda na sexta-feira. O tão desejado material escolar agora é uma realidade. Lápis, canetinhas, cadernos para colorir e duas mochilas irão acompanhar o garoto ao longo de 2017. “Vai dar para dois anos, o material do ano que vem também está garantido. Ele ganhou muita coisa”, explica a mãe de Luan, Andrea Chaves.

Mas o Papai Noel foi generoso e trouxe também brinquedos, roupas e calçados. No domingo, dia do Natal, a família ganhou alimentos e teve um Natal e uma virada de ano mais confortáveis. As doações vieram de vários bairros de Arroio do Meio, e até de outros municípios como Cruzeiro do Sul e Lajeado. Mais de dez pessoas colaboraram. “Dividimos com alguns amiguinhos. Para que também pudessem ter um Natal melhor”, revela a mãe.

Emocionada, Andrea agradece a todos que doaram e proporcionaram um Natal inesquecível para o filho que nunca havia ganhado presentes do Papai Noel, com exceção de um conjuntinho do Grêmio (camisa e calça) ganho há dois anos. Lembra que não conseguiu ler a matéria até o fim tamanha a emoção, já que a família enfrenta dificuldades financeiras. Desempregada, procura emprego para poder ajudar nas despesas domésticas e para dar um futuro melhor ao pequeno Luan, uma vez que só o pai trabalha como gari em Cruzeiro do Sul. “Para a minha felicidade estar completa gostaria de estar trabalhando. O meu objetivo é arranjar um emprego este ano. Pode ser qualquer coisa, quero trabalhar”, revela.

Por daiane