Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Prioridades para o Vale serão entregues aos candidatos em outubro

, 30 de março de 2014 às 10h00

Vale do Taquari – Os líderes das áreas política, econômica, cultural e social dos 36 municípios que compõem o Vale do Taquari participaram da assembleia geral do Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat) na terça-feira, dia 25.

Entre diversos assuntos, os líderes escolheram as dez prioridades para a região. De acordo com a presidente do Codevat, Cíntia Agostini, a relação será encaminhada aos candidatos ao pleito eleitoral deste ano. “A ideia principal é que os candidatos avaliem e mostrem as prioridades escolhidas.”

O prefeito de Arroio do Meio, Sidnei Eckert, vê todas as prioridades como importantes para região e considera que foram bem selecionadas. Destaca que, para a saúde, hospitais de referência em traumatologia seria uma melhoria imprescindível para todos os municípios, devido ao grande número de acidentes.

Na infraestrutura, aponta a necessidade de duplicação das ERS-129 e 130 e da BR-386, de Lajeado a Iraí; e a reativação do aeródromo de Estrela. Sobre segurança pública, anseia pelo aumento do efetivo da Brigada Militar. “Há muito para fazer, porém não tem como realizar tudo em quatro anos. Um exemplo disso é o saneamento básico que é muito caro, mas é importante começar o trabalho.”

Para a delegada regional da Polícia Civil, Elisabete Müller, é preciso aumentar o efetivo das polícias e aumentar o número de vagas no sistema prisional. Também revela que cerca de 20% dos agentes estão se aposentando até o fim do ano, tornando o número de policiais em atuação menor que na década de 80.

Já o prefeito de Lajeado, Luís Fernando Schmidt, falou sobre as enchentes e relembrou o projeto da Defesa Civil que ajuda e antecipa o alerta de cheias para sociedades.

Prioridades escolhidas:

1. Segurança pública: aumentar o efetivo da Brigada Militar e Polícia Civil; instalar câmeras de monitoramento;

2. Infraestrutura: duplicação das ERS-129 e 130 e da BR-386, de Lajeado a Iraí; adequar o aeródromo de Estrela;

3. Saneamento básico: investir no tratamento de esgoto;

4. Educação: ampliar a atuação de escolas em tempo integral;

5. Saúde: hospitais de referência em traumatologia;

6. Energia elétrica: qualificar e aumentar a capacidade de abastecimento;

7. Enchentes: criar um sistema de alertas de cheias;

8. Agricultura: reaproveitar os dejetos das produções na suinocultura e pecuária;

9. Turismo: acessos com asfalto nas cidades;

10. Drogadição: desenvolvimento de um programa de combate à dependência química.

Por daiane