Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Entrega de cartas deve ser regularizada em 10 dias

, 21 de março de 2014 às 9h45

Arroio do Meio – Após o Tribunal Superior do Trabalho julgar a greve dos carteiros abusiva, a categoria voltou ao trabalho na sexta-feira, dia 14. A paralisação que durou 42 dias deixou a agência dos Correios do município abarrotada, acumulando aproximadamente 50 mil correspondências.

Agora os cinco carteiros da agência correm para colocar em dia a entrega trabalhando duas horas após o expediente, e ainda farão mutirões aos fins de semana.

O gerente Flávio Benvegnu espera colocar em ordem a entrega em dez dias de trabalho. Ele explica que alguns mutirões foram feitos aos fins de semana no decorrer da greve com carteiros vindos de outras cidades, mas que o número de entregas não passava de 300 objetos por dia. “Os carteiros de outras cidades não conheciam bem as ruas o que dificultava o trabalho. Nos mutirões entregamos apenas sedex, o que é mais demorado por que precisa da assinatura da pessoa”, destaca.

Acúmulo de dois milhões

Em todo o Estado foram dois milhões de correspondências acumuladas nos 42 dias de greve. Para isso, foi realizado um mutirão no último fim de semana para reduzir o número de correspondências encalhadas nas agências. Nesses dois dias, foram entregues 809 mil objetos por 1.214 empregados de todas as áreas que contaram com 251 veículos para o trabalho.

O mutirão realizado nesse final de semana foi mais uma ação da empresa para diminuir ao máximo possível de correspondências represadas. Agora, com o retorno de todos os empregados da operação ao trabalho, os Correios pretendem colocar a carga em dia através do trabalho diário, do pagamento das horas dos grevistas durante a semana e através de convocação nos finais de semana ou com a utilização de horas extras quando necessário.

Por daiane