Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Coluna do Alício

Também por aqui?

27 de julho de 2012 às 9h22

A informação de que teria havido superfaturamento nas obras de duplicação da BR-386 levou o prefeito de Fazenda Vilanova e presidente da Comissão Pró Duplicação, José Cenci, a justificar a situação atribuindo a alguns fatores imprevistos o apontamento de superfaturamento na obra. Ele considera que o Tribunal de Contas da União fez a notificação devido ao acréscimo que o orçamento sofreu, que passou de R$ 147 milhões para R$ 170 milhões. O órgão apontou um superfaturamento de R$ 13,6 milhões, correspondendo a 8% da obra. Isto devido a superestimativa de terraplanagem e a diferença no cálculo entre as distâncias de terraplanagem do material executado e as orçadas pelo consórcio construtor. Para Cenci, o aumento no preço da obra é verificado em virtude de fatores como o transporte de terras em alguns trechos, previsto para ser feito a partir de determinada jazida, ter ocorrido em outra jazida, aumentando a distância e os custos. Também acessos não previstos inicialmente precisaram ser construídos por questões de segurança. Cenci confirma a informação do TC que a obra de 33,5 quilômetros entre Estrela e Tabaí não será interrompida.

Advertência

O Conselho Nacional de Autorregulação Publicitária (Conar) julgou nesta semana uma campanha da Sandálias Melissa Plastic Paradise, que causou irritação de consumidores ao promover um produto dentro de uma igreja. Considerada desrespeitosa por várias pessoas, a campanha exibe a foto da modelo Alessandra Ambrósio dentro de uma igreja. O Conar não determinou a suspensão das peças, mas advertiu a empresa e pediu mais cuidado com os anúncios

Para refletir

De Martha Medeiros: “Adolescentes prorrogam suas escolhas porque querem ter certeza absoluta – errar lhes parece a morte. Adultos sabem que nunca terão certeza absoluta de nada, e sabem também que só a morte física é definitiva. Já “morreram” diante de fracassos e frustrações, e voltaram pra vida. Ao entender que é normal morrer várias vezes numa única existência, perdemos o medo – e finalmente crescemos!…”

Escritores

Nesta semana comemorou-se o Dia do Colono e Motorista, na quarta-feira. Pouco lembrados, na mesma data são homenageados os escritores. O Dia do Escritor foi instituído no dia 25 de julho de 1960. Nesta data foi realizado o primeiro Festival do Escritor Brasileiro, promovido pela União Brasileira de Escritores – tendo João Peregrino Júnior na presidência, e Jorge Amado, como vice-presidente. Uma justa homenagem a todos aqueles que receberam o dom de transcrever em palavras, relatos, histórias, fantasias, sentimentos e vivências. Um escritor pode nos fazer chorar, rir, ter medo e sentir tantos sentimentos. Um escritor pode nos fazer repensar, mudar de ideia e formar nossa opinião. Um escritor nos leva a viver ou partilhar emoções e experiências, conhecendo lugares e costumes. No Vale do Taquari, existe a Academia Literária (Alivat), que congrega os escritores e todas as pessoas que gostam e apreciam ler e escrever. Ela foi fundada no dia 4 de outubro de 2005. Os nossos autores escrevem em vários gêneros literários: pesquisa histórica, poesia, crônica, romance, histórias infantis e outros. Nesta semana foram empossados Lenira Heck, Vera Nicaretta e Airton Gomes.

Por daiane