Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio,

O Alto Taquari

Jornal da Semana
The Horse

Concurso de Redações

13 de janeiro de 2012 às 10h12

Com o propósito de resgatarmos a memória e os momentos vividos nos 46 anos de história do The Horse, e de todos que de alguma forma possuem ligação com a entidade, ou com ações da mesma, nesta semana reproduzimos mais uma redação que fez parte do CONCURSO DE REDAÇÕES realizado no ano de 1969.

A redação é da aluna Ivete Kist do 2º ano Normal do Colégio São Miguel (atual Colégio Bom Jesus São Miguel).

O trabalho

No início bem pouco havia,

Embora as terras fossem férteis

As águas impetuosas

E houvessem homens fortes e robustos

Então, sem que ninguém se apercebesse

Tudo começou

Deve ter sido num lindo dia

Em manhã esplendorosa

De maio, talvez

Quando alguém, lascando a primeira pedra,

Polindo a primeira rocha

Ateou a faísca diminuta

Mas envolvendo e abrasadora:

A chama revolucionária do progresso

A explosão gigantesca da civilização

Aras

Oh! Incongruência!

Aquelas mãos rudes jamais suspeitaram disso

Naquele gesto, havia a ignorância inconsequente

Dos fatos ocasionais

De berço obscuro

Assim mesmo vingou

Cresceu

E daí por diante não parou nunca

Nascido em surdina

Ganhou asas

Tomou fôlego

Criou formas

E, naturalmente

Sem alarde

Nem manchetes

Virou técnica

Ganhou até nomes difíceis

Passou a categoria de ciência

Organizou-se

Especializou-se

Racionalizou-se

Mas não deixou jamais de ser aquilo que em essência

Fora desde o início:

Simplesmente trabalho

E apesar de tudo que ocasionou,

Continua ainda a ser esforço

Propulsão

Catapulta do desenvolvimento

Trampolim de todas as realizações

Apesar daquilo que desencadeou

Permanece ainda como força motriz

Impulsor

Gerador

Causa e motivo dos edifícios que se erguem majestosos

Das esteadas que rasgam o solo

Dos automóveis, aviões e transatlântico que aproximam os povos

E apesar de tudo que motivou,

O trabalho é – e que seja sempre,

A oportunidade de existências humanas e decentes

De criações sempre novas e melhores

O meio condutor daquilo que mais ardentemente

Aspiramos: afirmação pessoal e felicidade

Por daiane