Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 25 de Janeiro de 2021

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Em primeiro ato no governo, prefeito vistoria Parques de Máquinas

, 8 de janeiro de 2021 às 9h25

O Parque de Máquinas da secretaria de Obras esteve aberto no último final de semana, dia 2, para visitação. Conforme o prefeito Gilmar Southier, o objetivo da administração, em seus primeiros dias de governo, foi de mostrar à população as reais condições de tratores, retroescavadeiras, implementos e caminhões.

Antes mesmo de assumir, Southier já havia recebido um relatório do grupo de transição sobre as condições de cada secretaria, porém o estado do parque de máquinas chamou atenção. Caminhões necessitam da troca de pneus, possuem o lacre de placa rompido, para-choques quebrados e problemas na parte elétrica.

Já os demais veículos, possuem bancos danificados, ponta de eixo quebrada. Retroescavadeiras e carregadeiras apresentam problemas com a marcha ré, vazamentos em mangueiras e rachaduras na concha, vazamento nos pistões e freios. Implementos como a roçadeira e distribuidores de dejetos estão sem bomba de carregamento e sem condições de uso.

Para o prefeito, a recuperação do maquinário terá um custo alto ao município. “Temos muitos produtores que já necessitavam de serviços, porém com o maquinário sem condições, não tem como atender a demanda. O maior prejudicado com isso não é o prefeito nem o vice e sim o povo”, entende Southier.

MAIS VEÍCULOS

Para otimizar o transporte de funcionários e gerar economia, Southier, num primeiro momento pretende adquirir veículos novos. “Hoje temos três veículos aptos e 15 funcionários para distribuir pelo interior. Não podemos aceitar os motoristas de caminhão levando funcionários por mais de 10 ou 15 quilômetros. Isso é tempo e dinheiro jogado fora”, diz.

O prefeito também advertiu que o cronograma de atendimentos será afetado num primeiro momento. Terão prioridade os serviços essenciais, cobertura de silos e a secretaria pretende ainda finalizar a terraplanagem ao lado da rua Ernesto Steffler, onde será instalada uma fábrica de rações.

Por Alan Dick