Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 23 de Setembro de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Educação

Estado divulga novo calendário para retomada das aulas

, 4 de setembro de 2020 às 11h11

O debate sobre o retorno das aulas presenciais ganhou mais um capítulo nesta semana, com a divulgação de um novo calendário pelo Governo do Estado. O cronograma foi divulgado pelo governador Eduardo Leite e pelo secretário da Educação, Faisal Karam, na terça-feira em transmissão ao vivo nas redes sociais e prevê o retorno das aulas de forma escalonada. O início se dará pela Educação Infantil, já no dia 8, nos municípios que optarem pelo retorno e se enquadram nos protocolos necessários. Arroio do Meio deve realizar uma reunião na terça-feira para avaliar a situação com as direções das escolas das três redes e tomar uma posição. A tendência é pela retomada junto com o Estado.

Ao anunciar o calendário, o governador assegurou que não se trata de uma determinação de retorno, mas um levantamento das restrições para que municípios, instituições de ensino e pais possam tomar a decisão de acordo com o nível de risco. “Não é um retorno a qualquer custo, não é retorno à normalidade, não é um retorno desorganizado”, detalhou o governador Leite.

A proposta prevê que as restrições sejam levantadas, de forma escalonada, seguindo um protocolo único para o Estado e em regiões que estejam em bandeira amarela ou a pelo menos duas semanas em bandeira laranja. O governo do Estado ressalta que não há obrigatoriedade para o retorno, que será facultativo, a depender da decisão dos municípios, das escolas e dos pais. Em caso de crescimento acelerado de casos de coronavírus, o cronograma será revisto.

A proposta do Governo não agradou a todos. A Famurs já havia se manifestado contrária à retomada das aulas presenciais neste momento e reassumiu a posição diante do cronograma do Estado. A entidade defende que o estudo apresentado pelo Executivo não levou em consideração o estágio da pandemia no estado, na comparação com outros estados brasileiros e países, e não considerou um programa efetivo de testagem. Em sua explanação, o presidente da Famurs e prefeito de Taquari, Maneco Hassen, argumentou que ainda não há uma estrutura mínima para garantir que os protocolos sejam cumpridos. “O Estado, que deveria ser o primeiro a nos dar segurança, só vai retornar daqui a 45 dias. Nós, municípios, teremos que fazer o experimento, o teste e correr o risco de ter alunos contaminados, enquanto o Estado espera e, se tudo der certo, voltar em 45 dias. Mais uma vez a responsabilidade fica com os prefeitos e prefeitas” reprovou.

Calendário proposto pelo Estado:
Educação Infantil: 8 de setembro
Ensino Superior, Ensino Médio e Ensino Técnico: 21 de setembro*
Ensino Fundamental – Anos Finais: 28 de outubro
Ensino Fundamental – Anos Iniciais: 12 de novembro
*Como gestor da rede estadual, o Estado planeja retomar as aulas do Ensino Médio a partir de 13 de outubro

Por daiane