Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 02 de Julho de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Especial

Entressafra: manejos e investimentos

, 26 de junho de 2020 às 9h35

Dentre as principais culturas de inverno no Sul do Brasil, estão o trigo, a aveia, a canola, a cevada e as pastagens. Além de manter a rentabilidade do negócio rural, essas culturas têm entre as suas funções, garantir o solo coberto na rotação de culturas, preparando a terra para o plantio de verão.

A palhada fica na superfície do solo, deixada pela cultura de inverno. Com ela, parte dos nutrientes retornam à solução do solo, como, por exemplo, o potássio. A queda de rendimento em algumas culturas pode ser causada principalmente pelo esgotamento do solo associado, na maioria dos casos, à falta de reposição dos nutrientes extraídos.

Não basta apenas atribuir à palhada a função de repor nutrientes, também é preciso estar atento ao equilíbrio químico do solo, via aplicação de outras fontes, como os fertilizantes. Todo esse “raio x” do solo, obtemos a partir de uma análise do mesmo.

Normalmente os solos estão em desequilíbrio nutricional. Muitos nutrientes que a cultura precisa para se desenvolver, ou estão retidos na solução do solo, logo indisponíveis para a planta, ou realmente estão em falta. E essa leitura obtemos com a análise de solo.

Dejetos que são levados diretamente até ele, sem realizar o processo de

fermentação, normalmente aumentam a acidez da terra, indisponibilizando nutrientes na solução do solo, logo uma correção com aplicação de calcário deve ser realizada, caso essa seja interpretada na análise.

Estou abordando o assunto, pois é justamente na entressafra que devemos realizar a analise de solo, sua interpretação, aquisição do calcário e a aplicação. Mas lembrem-se: sempre sob a orientação de um técnico agrícola ou um engenheiro agrônomo, que além de ajudar na orientação correta, interpretação da análise e orientações, deve orientar manejos a serem seguidos para obter melhor fertilidade, e consequentemente, melhor produtividade.

Como nesta imagem do barril de produtividade, ou na LEI DO MÍNIMO, é o nutriente que está em falta no solo que está fazendo com que a produtividade da planta fique limitada. Devemos corrigir essa falta, para obtermos a máxima produtividade da cultura.

Então, além de um manejo com palhada na entressafra, é preciso realizar uma analise de solo para saber como está a condição para implantação da cultura de verão, obtendo os melhores resultados.

Outra orientação é a rotação de culturas, um fator de grande importância, que além de melhorar a estrutura do solo, também não fica somente na extração dos mesmos nutrientes, que caso ocorra, reduz o potencial de fertilidade do solo.

Análise de solo, correção do solo, rotação de culturas, são investimentos necessários na propriedade rural, pois são os fatores básicos para o desenvolvimento das culturas, logo com um solo bem manejado e corrigido, o resultado que pode-se alcançar no final da safra é de êxito superior.

Por Alan Dick