Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 05 de Dezembro de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Economia

Comércio pode atender por tele-entrega ou retirada

, 1 de maio de 2020 às 21h58

A partir do decreto transitório do governador Eduardo Leite, publicado no dia 30 de abril, o prefeito de Arroio do Meio, Klaus Werner Schnack, emitiu um novo decreto municipal neste 1º de maio. O documento reitera o posicionamento do Estado, que impõe o fechamento ao público do comércio não essencial nas regiões dos Vales (37 municípios) e do Norte, onde houve crescimento nos casos confirmados de Covid-19 e de óbitos nas últimas semanas.

Em função da proximidade do Dia das Mães, o comércio poderá realizar somente/exclusivamente atendimento nas modalidades de tele-entrega ou retirada (take-away) de quaisquer bens ou produtos adquiridos previamente – por meio eletrônico ou telefone – com hora marcada. É proibida a entrada de qualquer cliente no estabelecimento comercial, bem como a formação de filas ou qualquer tipo de aglomeração de pessoas. A medida vale também para bares, bodegas e associações de comunidades e ginásios esportivos, que não podem ter o consumo do produto no local. Podem vender apenas para o cliente levar.

O chamado comércio essencial, que inclui a venda de produtos de saúde, higiene, alimentos, bebidas e combustíveis, bem como de insumos para atividades essenciais, como lojas exclusivas de material de construção, não é afetado por este novo decreto. No entanto, estes estabelecimentos devem seguir as normas de atendimento já determinadas anteriormente, que preveem medidas de higiene e segurança.

Serviços de higiene pessoal, como cabeleireiros e barbeiros, assim como academias, podem atender, desde que sigam o protocolo de cuidados já determinado. Restaurantes e lancherias também podem abrir. Mas, após às 20h, só podem atender na modalidade delivery. Além destes, há outros serviços considerados essenciais por decreto anterior do governador, que podem atender.

O decreto do prefeito Klaus ainda determina que as indústrias instaladas no município observem e cumpram as medidas de segurança e higiene previstas na Portaria emitida pela Secretaria Estadual de Saúde na quarta-feira.

Klaus ressalta que a medida imposta pelo Governo do Estado é temporária e que na próxima semana o governador irá divulgar novas regras para o funcionamento do comércio e outras atividades.

Por daiane