Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 05 de Abril de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Saúde

Casa Branca, um espaço focado em saúde mental

, 6 de março de 2020 às 11h15

Os moradores de Arroio do Meio que buscam por atendimento em saúde mental têm uma nova referência. Na manhã de ontem a Administração Municipal entregou à comunidade o Centro Municipal de Atendimento Psicossocial Casa Branca, localizado na esquina das ruas Visconde do Rio Branco com a São João. No espaço, é disponibilizado atendimento de psicologia e assistência social, oficinas terapêuticas de fortalecimento de vínculos e encaminhamento para consultas com médico psiquiatra. A casa também abriga as salas da Liga Feminina de Combate ao Câncer de Arroio do Meio e do Conselho Municipal da Mulher.

O prefeito Klaus Werner Schnack ressaltou que o espaço era uma demanda da comunidade e que a Administração se sente feliz por sua concretização. Para Klaus, a Administração abre um espaço referência para quem busca apoio e auxílio, visando o enfrentamento de forma direta nas questões de saúde mental. Isso num ambiente que oferece privacidade e com uma equipe preparada para auxiliar na condução por dias melhores.

Em alusão ao Dia Internacional das Mulheres, o prefeito Klaus repassou o cargo para a vice Eluise Hammes. Ao fazer uso da palavra, a prefeita em exercício agradeceu pelo momento, ressaltando que ele só faz sentido porque há uma gestão compartilhada no dia a dia. Eluise observou que a Casa Branca traz um novo conceito. É um ambiente de acolhida, interligado ao Posto de Saúde, ao Hospital São José, ao Cras, ao Conselho do Idoso e as oficinas terapêuticas. “Temos problemas de saúde mental e precisamos enfrentar”, afirmou.

Após os pronunciamentos, houve bênção ecumênica e uma dinâmica simbolizando a união. Na sequência, foi descerrada a fita inaugural e a comunidade pôde conhecer os ambientes da casa.

Uma referência para quem busca ajuda

Em visita ao AT no decorrer da semana, o secretário Gustavo Zanotelli, acompanhado por Eluise Hammes, reforçou a importância da Casa Branca para a comunidade de Arroio do Meio, uma demanda antiga. Segundo Gustavo, a ideia é que seja um espaço de acolhimento, num ambiente próprio e reservado, para quem precisa de ajuda e apoio. Disse que os casos de doenças mentais, como a depressão, têm aumentado e que, ao contrário do que acontecia antigamente, as pessoas têm buscado o tratamento. “O que se busca é cuidar bem das pessoas, das famílias. Este é o objetivo da Administração. É uma casa de acolhida, de apoio, e esperamos que ela seja bastante frequentada”, frisa Zanotelli.

A equipe é composta por duas psicólogas, assistente social, enfermeiro e oficineiras. O atendimento psiquiátrico continuará sendo feito no Hospital São José, numa parceria que vem ocorrendo desde 2017. Hoje são 160 consultas psiquiátricas por mês, incluindo os novos pacientes e os que fazem acompanhamento. O município também oferece oficinas e grupos de apoio nos ESFs, o que envolve em torno de 250 famílias.

O atendimento na Casa Branca é de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 16h45min, com intervalo ao meio dia. O paciente pode ser encaminhado via ESFs ou ir diretamente ao local. Após a acolhida será direcionado de acordo com sua necessidade.

CMM e Liga

O Conselho Municipal da Mulher (CMM) e a Liga Feminina de Combate ao Câncer de Arroio do Meio passam a ter seus espaços na Casa Branca. Segundo Eluise a entrega na semana em que se lembra o Dia da Mulher é simbólica. Além de ser a mulher que mais busca ajuda para as questões que envolvem a família, a Liga e o Conselho são dois suportes importantes para o público feminino, especialmente quando há situações que envolvem doenças e a necessidade de escuta, acolhimento e direcionamento.

Liga de Combate ao Câncer e Conselho da Mulher contam com espaço na Casa Branca

Por Alan Dick