Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 30 de Maio de 2020

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Eventos

20 Conectar 20: projeto diagnostica as competências para ingressar no mercado de trabalho

, 21 de fevereiro de 2020 às 11h59

Com o objetivo de conectar escola, comunidade e famílias e aproximar os setores de economia e educação, Arroio do Meio lançou o projeto 20 Conectar 20. O evento foi realizado na noite da segunda-feira, 17, na Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Arroio do Meio (Acisam), marcando a abertura oficial do ano letivo. Estiveram presentes 250 professores das três redes de ensino – 13 Escolas Municipais, Escola Estadual Guararapes e Colégio Bom Jesus São Miguel –, 140 educadoras das oito Escolas Comunitárias de Educação Infantil, representantes da Amam, prefeito Klaus Werner Schnack, vice Eluise Hammes, secretários municipais, subprefeitos dos distritos e demais autoridades, numa organização da Secretaria Municipal de Educação e Cultura.

Após momento de acolhida aos profissionais da educação e reconhecimento aos servidores públicos envolvidos na revitalização das escolas municipais no período de recesso escolar, a secretária Mara Betina Forneck apresentou a trajetória que culminou no projeto 20 Conectar 20 e apresentou uma pesquisa realizada com 45 empreendedores de diferentes ramos, com expressiva participação do comércio, questionando a expectativa dos mesmos em relação aos jovens que migram da escola para o mercado de trabalho.

Entre os destaques da pesquisa, foi diagnosticado que quesitos como “a capacidade de relacionar-se com outras pessoas” e “iniciativa” são critérios fundamentais para o empreendedor na hora da contratação. Quando questionados sobre dificuldades que os funcionários encontram no desenvolvimento das atividades, os empreendedores apontaram a criação de soluções para os problemas e o aprendizado de funções e tarefas novas. Sobre o que deveria ser inserido no currículo escolar para facilitar o ingresso dos adolescentes e jovens no mercado de trabalho, os empreendedores citaram “competências gerais, como administração de conflitos, relacionamento interpessoal, empatia, resiliência, comunicação falada e escrita, inteligência emocional, hábitos saudáveis de saúde e alimentação e atividade física, hábitos de leitura, etc, pois todos influenciam no desempenho do profissional dentro da organização, educação financeira, entre outros”.

Após a apresentação destes dados, dispostos em gráficos, a noite seguiu com uma roda de conversa mediada pelo professor Sérgio Nunes Lopes, com as convidadas Leonísia Kunzler e Liselena Neumann. As empreendedoras relataram desafios da contratação e formação de equipe e reforçaram a importância de projetos que incentivem a formação de lideranças e profissionais preparados para o mercado de trabalho. “A administração está de parabéns pela iniciativa de pensar nessa pesquisa e projeto. As mudanças acontecem na educação”, ressaltou Liselena.

Conforme o prefeito Klaus Schnack, a atual gestão trabalha a educação como território, referindo-se à parceria entre as redes municipal, estadual e particular de ensino. Ele reforçou o objetivo do programa apresentado. “É essa conexão que procuramos fazer com a comunidade. Um debate construído, criado e realizado com a participação de todos, buscando realmente entender o que a comunidade espera da nossa gestão”, afirma.

Diálogos sobre os resultados da pesquisa realizados entre o professor Sérgio Nunes Lopes e as convidadas Leonísia Kunzler e Liselena Neumann

Dados como ferramenta para pensar o todo

Em visita ao jornal AT na tarde da quarta-feira, dia 19, o prefeito e a secretária de Educação reafirmaram o comprometimento do município com a educação como um todo e a importância do diálogo administração-comunidade como uma via de mão dupla. Schnack enfatizou que o município se preocupa com o jovem e começou dando suporte com a implantação do Jovem Aprendiz. Com a criação do projeto Chuva de Ideias, no ano passado, tiveram outros feedbacks interessantes e tudo isso contribuiu para o desenvolvimento do 20 Conectar 20.

A secretária de Educação relata que houve um pouco de receio com a receptividade dos resultados da pesquisa, principalmente em relação aos critérios fundamentais apontados pelos contratantes em potencial. Considera impactante a forma como estes aparecem na soma final das respostas, principalmente quando as relações interpessoais se sobressaem à escolaridade.

“Quando o que te faz ser contratado é a tua forma de se relacionar com as outras pessoas, isso nos diz muita coisa. O conhecimento é ferramenta, relacionamento é oportunidade. É desafiador para nós como gestão e para os professores em sala de aula. Isso não é para ser praticado no extremo, mas é para ser analisado, fazer essa relação dos interesses dos alunos e comunidade. Não tem como desconectar estudo, trabalho, vida financeira e econômica”, explica, frisando que os resultados servem para todos se autoavaliarem.

Na tarde da quarta-feira, prefeito Klaus Schnack e secretária de Educação, Mara Betina Forneck estiveram no AT

 

Entenda mais sobre o 20 Conectar 20:

O que é: Projeto desenvolvido pela Administração Municipal, por meio das Secretarias de Educação e Cultura e Indústria, Comércio e Turismo, que visa conectar escolas, comunidades e setores da economia, para preparar os adolescentes para o mercado de trabalho;
Como surgiu: Através do projeto Chuva de Ideias, criado a partir de uma sugestão do Prefeito Klaus Werner Schnack, com apoio dos Grêmios Estudantis, instigando os alunos das três redes de ensino do Município a propor ideias inovadoras para a solução de problemas do cotidiano. Avançou com rodas de conversas durante a Feira do Livro, visita à Mostra Sesi com@Ciência e elaboração de documento orientador ao longo de 2019;
Como aconteceu: Em novembro passado foi realizada uma reunião entra Secretaria de Educação e Cultura, Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo, Acisam e CDL, para apresentar a proposta do programa. Posteriormente foram encaminhados e-mails às empresas e setores da economia para diagnosticar como está a aproximação destes com a Educação, no que diz respeito aos jovens que saem da escola e buscam o mercado de trabalho;
E agora: Serão planejadas ações, em parceria com os setores envolvidos, que contemplem as demandas que foram apresentadas e discutidas na Roda de Conversa.

Abertura do ano letivo na Escola Estadual Guararapes

Cerca de 2,3 mil estudantes retornaram às 13 escolas municipais na segunda-feira, 17. Na terça-feira, 18, foi a vez de mais de 550 estudantes retornarem à Escola Estadual Guararapes. O prefeito Klaus Werner Schnack participou da abertura oficial das atividades do Ensino Médio, nos turnos da manhã e noite, a convite da direção. Na ocasião, a equipe diretiva relembrou momentos dos 90 anos de história da escola, com destaque para as recentes obras de melhorias e revitalização da rede elétrica e nova parada de ônibus, executadas com recursos estaduais e municipais. “Foram conquistas que aconteceram pela união de muitas mãos”, afirmou a diretora Silvana Saldanha Martins Hanke.

“Entendemos que nossos alunos que saem do ensino fundamental devem ser bem preparados para o mercado de trabalho e vida em sociedade e isso passa por aqui. Estamos à disposição para ajudar no que for preciso”, reforçou Schnack, desejando um produtivo ano letivo.

Inauguração simbólica das obras de melhoria na Escola Estadual de Ensino Médio Guararapes

Por Alan Dick