Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 27 de Fevereiro de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Natal

Três dicas para executar as resoluções de 2020

, 21 de dezembro de 2019 às 13h49

Parar de fumar e iniciar uma dieta mais saudável estão entre as resoluções de ano novo mais presentes nos desejos para o ano novo. Nesta época é comum uma reflexão sobre o que aconteceu ao longo dos últimos 12 meses e no que pode ser diferente nos próximos. Nem todos, contudo, conseguem colocar em prática seus planos. “O problema para a maioria das pessoas é como manter a chama da motivação acesa para chegar lá. Elas pensam que basta ter metas ou objetivos traçados, para se manterem motivadas. De repente, no meio do caminho, se descobrem sem vontade de continuar correndo atrás daquilo que tanto queriam e acabam deixando de lado”, avalia o coaching Eduardo Corrêa.

Ele destaca que existem dois tipos de motivações que impactam as pessoa: a externa e a interna. A primeira é aquela que ocorre quando se lê, ouve ou assiste algo inspirador, que empolga e tem alguma ligação com o desejado. Já a segunda é gerada quando a pessoa sabe para onde vai e onde quer chegar. “Para isso, é necessário ter objetivos claros e precisos”, afirma. Corrêa dá três dicas (veja ao lado) para ajudar quem tem metas e objetivos traçados e quer, de fato, iniciá-los ou realizá-los ao longo de 2020.


IMAGINE

Este é um exercício de coaching simples, mas não simplório. O seu mundo externo é um reflexo do seu mundo interno. Assim, todas as melhorias na maneira como você percebe as coisas externas, começa na maneira como você cria suas imagens internas. Concentre-se na meta ou objetivo que deseja alcançar. Comece imaginando como se você já o tivesse alcançado. E o mais importante: sinta toda a empolgação, o entusiasmo e a satisfação por ter realizado seu projeto. Sinta tudo o que você vai sentir quando esse sonho se tornar realidade. Essa motivação é a única sustentável e que diminuirá as chances de você desistir no meio do caminho. Nos momentos de dificuldade, feche os olhos e lembre-se de alguma conquista muito importante.


PESSOAS

Nós somos diretamente influenciados pelo meio onde vivemos e pelas opiniões, pontos de vistas e atitudes das pessoas que estão inseridas neste meio. E, obviamente, quanto mais próximos, maior a influência. Na verdade, somos a média das cinco pessoas com quem mais convivemos. Portanto, afaste-se de pessoas negativas. A melhor coisa é manter suas ideias, sucessos e descobertas distantes deles, pois sempre estarão dispostos a mostrar “porque isso não vai funcionar”. Pessoas que não têm objetivos na vida ficam apenas reclamando de tudo e culpando o mundo. Você deve relacionar-se com as melhores pessoas que conhece. Pessoas bem sucedidas são alegres, otimistas e encorajadoras, sempre falando de oportunidades e possibilidades.


PAGUE O PREÇO

Muitas pessoas passam a vida sonhando. “Um dia vou fazer isso. Um dia vou ter aquilo”. Na verdade, se você não colocar seus sonhos no papel, transformá-los em metas e planejar e executar eles nunca deixarão de ser exatamente isso: apenas sonhos. Infelizmente a maioria das pessoas tem pouca ou nenhuma força de vontade para pagar o preço necessário para realizá-los. Ter que acordar um pouco mais cedo, dormir um pouco mais tarde, trabalhar fim de semana, deixar de ver a novela ou o BBB, parece muito sacrifício. Todo sonho, toda conquista e até mesmo toda decisão tem sua recompensa e o seu preço. Se não estiver disposto a pagar o preço em dedicação, estudo, suor e, algumas vezes, lágrimas, como pode almejar crescer?

Por Alan Dick