Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 04 de Abril de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Agrovale

Diretoria da Emater/RS apresenta resultados para lideranças da região dos Vales

, 20 de dezembro de 2019 às 11h39

Cerca de 100 lideranças de mais de 35 municípios dos vales do Taquari e Caí prestigiaram, na tarde de segunda-feira, no Salão de Eventos da Prefeitura de Lajeado, uma reunião para apresentação do relatório de ações desenvolvidas pela Emater/RS-Ascar no Estado e nas regiões da abrangência do Escritório Regional de Lajeado em 2019, bem como o planejamento para 2020. Na ocasião, o diretor administrativo da Emater/RS, Vanderlan Vasconselos, destacou a ação da Extensão Rural no Estado, que atende mais de 190 mil famílias de agricultores familiares nos 497 municípios gaúchos.

Além do diretor, os gerentes regional e adjunto, Marcelo Brandoli e Carlos Lagemann, apresentaram a prefeitos, secretários, integrantes de sindicatos, cooperativas, associações e entidades ligadas ao setor, os resultados regionais em áreas estratégicas, como bovinocultura leiteira, fruticultura, gestão da propriedade rural, segurança e soberania alimentar, agricultura de base ecológica, piscicultura e crédito rural, entre outras. Ações ligadas a políticas públicas de Estado – operacionalizadas pela Instituição por meio de convênio com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) – também foram destacadas.

Representando o secretário de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural Covatti Filho e o presidente da Emater/RS Geraldo Sandri, Vasconselos valorizou a parceria com as prefeituras para a consolidação das ações de extensão rural, mesmo em um cenário de redução orçamentária. Em sua fala, destacou ainda os focos institucionais que nortearão os trabalhos até 2023, com vistas a intensificar o trabalho de extensão em áreas como, bovinocultura de leite, fomento à produção de grãos, defesa sanitária vegetal, agroindústria familiar, programas socioassistenciais, cooperativismo, juventude e sucessão rural e horticultura.

Já Brandoli e Lagemann apresentaram um grande apanhado das ações realizadas durante o ano pela Instituição. Entre os destaques, o crédito rural orientado como ferramenta de extensão aportou para a região mais de R$ 900 milhões nos últimos cinco anos – sendo mais de R$ 230 milhões somente em 2019. “E esse aporte de recursos, feito com o apoio das instituições financeiras dos dois vales, viabiliza praticamente todas as atividades agrícolas desenvolvidas pelos produtores”, salientou Brandoli, que lembrou ainda que, nos últimos cinco anos foram mais de 20 mil projetos de crédito rural, elaborados pelos extensionistas.

Além de atividades tradicionais, como bovinocultura de leite e fruticultura, Brandoli destacou ainda o apoio aos apicultores, aos produtores de carvão vegetal e de erva mate entre os destaques. Entre as agroindústrias familiares que foram incluídas no Programa Estadual de Agricultura Familiar (Peaf) do Governo do Estado, estão 141 empreendimentos, com outros 97 em vias de serem formalizados. “Na realidade temos um amplo conjunto de atividades realizadas nos 55 municípios e que atende um público de cerca de 20 mil pessoas em ambas as regiões”, finalizou.

Por Alan Dick