Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 09 de Julho de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Saúde

Vigilância Sanitária interdita câmara de bronzeamento artificial

, 18 de outubro de 2019 às 9h55

Na segunda-feira, dia 14, a Vigilância Sanitária de Arroio do Meio interditou uma câmara de bronzeamento artificial de radiação ultravioleta no Centro. O estabelecimento também estava com o alvará de funcionamento vencido.

De acordo com o fiscal sanitário, Leonardo Dalmolin Matzenbacher, o equipamento já é proibido para fins estéticos no Brasil desde 2009, e traz muitos malefícios para saúde. Segundo ele, nesta época começa uma maior procura em razão da proximidade do verão. Porém, o uso só é permitido para fins clínicos, com acompanhamento de médicos. Além disso, o aparelho precisa estar credenciado na Anvisa.

O proprietário alegou que a câmara estava em desuso. Mesmo assim, precisará dar um destino e comunicar a vigilância sanitária. O processo prevê advertência e multa de até R$ 13 mil.

O Ministério da Saúde proíbe em todo o território nacional a importação, recebimento em doação, aluguel, comercialização e o uso dos equipamentos para bronzeamento artificial, com finalidade estética, baseados na emissão de radiação ultravioleta, como forma de prevenção de agravos à saúde. A Organização Mundial da Saúde considera que a exposição aos raios ultravioletas possui evidências suficientes para considerá-la carcinogênica para humanos.

Por Alan Dick