Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 22 de Novembro de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Municípios

Sine/Fgtas terá feirão de empregos no dia 18

, 11 de outubro de 2019 às 9h45

Nomeado há cerca de um mês, o novo coordenador do Sine/Ftgas de Arroio do Meio, Lairton Heineck, 36 anos, tem como meta aproximar empregadores da entidade e realizar parcerias com o sistema S para oportunizar mais chances de qualificação aos trabalhadores.

Segundo Heineck, que é filado ao Republicanos, a escolha por seu nome, magoou outros partidos de Arroio do Meio. Porém, justifica que os critérios do atual governo do Estado foram aliar currículo, conhecimento técnico e político. Por isso, algumas indicações foram deixadas de lado. Lairton é morador de Marques de Souza, vinha atuando como assessor parlamentar de Carlos Gomes (Republicanos) e, por muito tempo, atuou como assessor do deputado federal Renato Molling (PP), onde vinha se relacionando com representantes do Sebrae, CNI, Fiergs e Senac, além de instituições da área da saúde e turismo.

Também foi vereador por dois mandatos, presidente da Câmara marques-souzense em dois exercícios e, em sete anos, atuou na mesa diretora. Cursa Gestão Pública na UFRGS, e tem uma série de cursos técnicos desde a área de informática a marketing.

Para assumir a coordenação do Sine teve que fazer uma série de treinamentos que o colocaram a par do desafio estrutural e organizacional. Conforme ele, a maioria das pessoas que buscam vagas em Arroio do Meio são mulheres. “Há situações de mães, que precisam de um emprego para poderem pôr os filhos na creche, mas não há uma sincronia dos horários da jornada de trabalho com a rotina educacional. Não sei dimensionar este problema social”, frisa.

Também há diversos casos de mulheres entre 19 e 30 anos que não possuem o ensino fundamental. “Imaginamos que a situação seja cultural pela grande oferta de mão de obra na indústria. Porém, fizemos direcionamentos pontuais para as pessoas melhorarem seu currículo. As empresas querem, no mínimo, profissionais com ensino médio completo, visando a qualificação da equipe a médio e longo prazo”, dimensiona.

Heineck afirma que uma atualização mais constante dos cadastros dos trabalhadores, é importante, pois as empresas analisam os perfis dos profissionais por zoneamento, qualificação e outros quesitos. Geralmente são filtrados 10 candidatos por vaga para os processos seletivos. “Muitas empresas da região ainda não aderiram ao Sine/Fgtas, pelo fato de estarem acostumadas a contratar por indicações de funcionários. A entidade presta um serviço gratuito que excluiu a necessidade de algumas despesas com RH”, compara.

A maioria das vagas ofertadas em Arroio do Meio é de auxiliar de produção, mas aparecem outras vagas, como motorista e montador, inclusive em outras cidades e regiões. Também há uma procura significativa por emprego, por pessoas de outros estados e regiões, como sudeste e nordeste. O índice chega a 20%.

Além da intermediação da mão de obra, o Sine também faz encaminhamento do Seguro Desemprego. Já a carteira de trabalho é feita no Cras.

EMPREGAR/RS – A Agência FGTAS/Sine de Arroio do Meio participará da 6ª edição do EmpregarRS. O maior evento de empregabilidade do Estado será realizado no dia 18 de outubro, das 9h às 16h, na sede situada a rua Dr. João Carlos Machado, 879, no Centro.

O EmpregarRS é um evento exclusivo de intermediação de mão obra, que envolve entrevistas de emprego e atividades de orientação sobre o mundo do trabalho.

Empregadores interessados em oferecer vagas ou entrevistar trabalhadores no evento podem cadastrar, gratuitamente, oportunidades de emprego até o dia 17 de outubro. Basta contatar a Agência FGTAS/Sine, através do e-mail arroiodomeio@fgtas.rs.gov.br ou do telefone (51) 3716-3147, ou preencher o formulário no site da FGTAS: http://www.fgtas.rs.gov.br/captacao-de-vagas.

Já os trabalhadores interessados em se candidatar às vagas de emprego devem comparecer ao local de realização do evento, no dia 18 de outubro, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

O evento aproximará empresas que necessitam contratar profissionais e trabalhadores que buscam uma oportunidade de emprego, além de desenvolver habilidades e conhecimentos favoráveis à formação do trabalhador e colocação no mundo do trabalho.

Realizado anualmente desde 2015 pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), o EmpregarRS já atendeu 83.706 trabalhadores. Vinculada à Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social (STAS), a FGTAS é a instituição executora das políticas públicas de trabalho, emprego e desenvolvimento social do RS.

Por Alan Dick

Novo coordenador, Lairton Heincek, afirma que agência está ampliando canais de divulgação de vagas, estreitando parcerias com empregadores e com Sistema S para qualificação dos trabalhadores