Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 19 de Outubro de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Especial

Fique de olho na alimentação de seu pet

, 7 de outubro de 2019 às 10h42

O mercado de rações para pets tem buscado sempre atualização, visando a qualidade do alimento em benefício da saúde dos animais de estimação. Hoje, além de diversos tipos de rações tradicionais para cães e gatos, existem ainda as específicas, que geralmente são recomendadas pelo veterinário para prevenir ou auxiliar no tratamento de problemas de saúde.
Conforme o proprietário da Agropecuária e Floricultura Agrovale, Lucas Bauer, marcas conceituadas como Royal Canin, Farmina e Pro Plan dispõem em seu catálogo linhas específicas com fórmulas especiais, que agregam em seu custo-benefício, mais longevidade e qualidade de vida aos pets.
Segundo Bauer, é importante seguir a recomendação do veterinário, quando há indicação de alimentação específica. Como exemplo, ele cita as rações indicadas para animais com mais idade/sênior. Com fórmulas elaboradas com menos sódio e mais proteínas, colaboram na prevenção de ataques cardíacos.

Conheça algumas rações específicas:

Gastro-intestinal- A qualidade dos ingredientes usados garante alta digestibilidade. É recomendada para pets com insuficiência pancreática, com pancreatite aguda ou em casos de dilatação e torção gástrica.
Obesity/diabetic- Costuma ser indicada para animais adultos, para auxiliar na redução do excesso de peso. Sua densidade energética reduzida e o elevado teor de fibras favorecem o controle da obesidade.
Hipoallergenic- As alergias acontecem, muitas vezes, devido à presença de proteínas e resíduos na dieta aos quais o pet é sensível. Este tipo de ração é formulado especialmente para reduzir estas reações.
Urinary- É indicada para auxiliar na recuperação de cães ou gatos com cálculo urinário de estruvita. Também atua na prevenção de novos cálculos e na sua dissolução.
Cardiac– É indicada para dar suporte da função cardíaca em casos de insuficiência. Possui os níveis de sódio e potássio controlados e é enriquecida com taurina e L-carnitina, além de ácidos graxos com propriedades anti-inflamatórias.

Classificação de rações tradicionais:

Ração econômica- Geralmente seus componentes têm origem vegetal e não animal. São formuladas com subprodutos de milho, soja e farelo de algodão, o que não é suficiente para atender às necessidades do animal
Ração standard- Oferece proteína, mas com qualidade reduzida. Por causa da menor energia metabolizável, o animal precisa comer mais para suprir suas necessidades. A menor digestibilidade aumenta o volume das fezes.
Ração premium– Tem componentes de origem animal, é mais digerível e o pet não perde tantos nutrientes. Tem realmente carne, ou resíduos de abatedouro, como digestas de frango, por exemplo.
Ração super premium- É a melhor opção pois usa carne bovina, ovina e suína. Tem um valor proteico mais adequado porque é feita com a própria carne.

Por daiane