Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 13 de Outubro de 2019

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Educação

Alunos da Escola Guararapes elegem novo Grêmio Estudantil

, 19 de julho de 2019 às 10h27

O voto é uma forma de demonstrar opinião, vontade ou preferência por algo que está sendo colocado em votação. Na semana passada, os alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Guararapes, de Arroio do Meio, exerceram esta prática democrática, escolhendo o novo Grêmio Estudantil Edson Luís, gestão 2019/2020.

Ao contrário dos últimos anos, onde era levantada apenas uma chapa com nomes e os alunos votavam se concordavam ou não com a nomeação da mesma, neste ano houve duas chapas inscritas. Isso fez com que a escola ficasse movimentada desde o início do mês com campanhas e divulgação de propostas. O resultado foi anunciado na segunda-feira, dia 15 e a cerimônia de posse ocorreu na noite da terça-feira, dia 16.

A chapa número um foi a vencedora, somando 275 votos. A segunda colocada, número dois, obteve 169. Foram ainda registrados 29 nulos e quatro em branco. Houve 53 abstenções. Ao todo, 477 estudantes participaram do processo.

O novo presidente do grêmio é Erick Müller (1ºB), tendo como vice, Alan Spaniel (2ºB). Ambos consideraram o processo de eleição bastante empolgante e ficaram muito satisfeitos com o resultado. Ex-alunos da Escola Bela Vista, eles trazem de lá, a experiência de já ter presidido um grêmio estudantil e montaram propostas como a reativação da rádio escolar e a realização de um torneio beneficente de futebol. “Esperamos poder fazer todas as nossas propostas. O grêmio é de alunos e dos alunos, queremos ser mais próximos deles”, explica Erick, salientando que a intenção é ser um canal entre corpo discente e docente na escola.
Da chapa número dois, Vanessa Kraemer (2ºA) e Felipe Kalsing (1ºE) consideraram todo o processo como uma experiência nova e desafiadora. Eles, que defenderam propostas como a criação de uma área de convivência na escola e a implantação de armários, consideraram a experiência bastante válida. Como as eleições são anuais, Felipe já se programa para concorrer novamente em 2020. “Gosto de política e vejo a escola como a primeira sociedade na vida de muita gente”, salienta.

Para a vice-diretora do turno da tarde, Flaudiane Dela Justina, o processo de eleição do novo grêmio surpreendeu, deixando direção e professores muito orgulhosos. “No momento atual político do nosso país, termos 42 alunos engajados, querendo formar duas chapas, com muita vontade, vindo nos três turnos e trazendo propostas, firmes e convictos, é muito interessante. Quem sai ganhando é a escola”, completa.

Por daiane