Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 27 de Maio de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Polícia

Polícia Online traz benefícios e facilidades para a comunidade

, 10 de maio de 2019 às 9h37

Já pode ser baixado gratuitamente, na plataforma Google Play, o aplicativo Polícia Online. O lançamento oficial foi feito ontem, no final de tarde, no gabinete do Executivo de Arroio do Meio, na reunião do Comitê Gestor Municipal Integrado da Segurança Pública. A reunião contou com a presença das diretoras e dos presidentes e Grêmios Estudantis das escolas arroio-meenses. A iniciativa resulta de uma parceria entre a Brigada Militar local, que idealizou o aplicativo e do Consepro, que aportou os recursos e conta com o apoio do município. A tecnologia foi desenvolvida pela Alfa Sistemas.

O desenvolvimento do Polícia Online surgiu de uma necessidade: a falta de efetivo. Com a falta de soldados para manter uma sala de operações, as ligações para o 190 são direcionadas à central de Lajeado, que repassa as informações para a BM de Arroio do Meio. Com isso, se aumenta o tempo de resposta do policiamento e as informações repassadas, especialmente as de localização, podem ser imprecisas porque o policial de Lajeado não tem o conhecimento geográfico do município. O aplicativo permite a interação instantânea entre a comunidade e o servidor da Brigada Militar que está em patrulhamento. Ao acionar a BM pelo aplicativo, o usuário terá a opção de enviar sua localização, o que facilitará a chegada dos brigadianos.

Para usar o aplicativo é necessário fazer um cadastro com dados pessoais e ter acesso à internet. São três formas de acionar a BM pelo Polícia Online: ligação telefônica direta com os policiais militares que realizam o patrulhamento nas ruas do município; pelo aplicativo, com alguns toques, sinalizando o tipo de situação a partir de opções apresentadas, com a possibilidade de enviar a localização por GPS; e por denúncia anônima, que pode incluir foto e áudio e que, posteriormente, será avaliada pelo comando da Brigada Militar.

O Capitão, Ricardo Machado da Silva, comandante da Brigada Militar de Arroio do Meio, destaca que o aplicativo é um instrumento muito intuitivo, de fácil uso, que vem em benefício da comunidade e da própria corporação, pois facilita a gestão, com mecanismos que permitem localizar em tempo real a viatura em patrulhamento, entre outros recursos. Além disso, o Polícia Online pode ser um bom meio de comunicação para situações específicas, pois permite enviar avisos para todos os seus usuários. “É um aplicativo pioneiro no de Brasil. Uma novidade que vai trazer um benefício muito grande para a comunidade”, afirma, observando que o aplicativo também vai permitir a avaliação do atendimento recebido, que vai direto para o comandante. “Esse feedback é importante para corrigirmos o que pode ser corrigido”, pontua.

O presidente do Consepro, Paulo Ricardo Nicolai frisa que o Polícia Online é uma alternativa que vem ao encontro da comunidade para suprir a demanda criada a partir do encerramento da sala de operações por falta de efetivo. “O tempo de resposta será bem mais rápido. O Consepro, desde o início, viu com bons olhos a ideia do aplicativo e, desde então, vem trabalhando no seu desenvolvimento em conjunto com a Brigada Militar e a Alfa Sistemas. Ele traz muitos benefícios para a população e para a própria BM”, declara.

O desenvolvimento do aplicativo custou R$ 18.600, pagos pelo Consepro, que também irá arcar com custos mensais de manutenção e das duas linhas telefônicas disponibilizadas para a Brigada Militar para este fim. O custo mensal gira em torno de R$ 500. Uma das possibilidades que vai ajudar na arrecadação desses recursos é a inserção paga de banners no próprio aplicativo.

O prefeito Klaus Schnack salienta que o aplicativo é um marco importante para a comunidade arroio-meense. Diz que vem somar, inclusive no trabalho de prevenção desenvolvido junto aos adolescentes. Considera que o desenvolvimento do aplicativo é um passo em direção às cidades inteligentes e valoriza a busca de solução de forma criativa e integrada. “É um passo extraordinário no município. A criatividade e a cooperação se sobrepõem para a segurança de todos”, afirma, destacando que as vezes não basta fazer protocolos pedindo mais estrutura para os órgãos de segurança, o que sempre esbarra em questões financeiras. “Se não buscarmos a solução com criatividade e a colaboração de todos, não avançamos”.

Schnack acredita que, a partir do pioneirismo do Polícia Online, podem vir mais avanços no uso desta tecnologia na segurança pública, inclusive num âmbito maior, trazendo outras facilidades para o cidadão. “O aplicativo vai ser um modelo para outros”.

Por daiane