Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 17 de Outubro de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Política

Com Darci Hergessel na presidência, PDT vem mobilizado pela mudança

, 31 de maio de 2019 às 9h32

O PDT de Arroio do Meio realizou no sábado, dia 25, na Câmara de Vereadores, a eleição do novo diretório, seus respectivos conselhos deliberativos e a executiva, que teve confirmados os nomes do vereador Darci Hergessel como presidente e Paulo Schnnorr, o Tety, como vice, tesoureiro, Jean Boni Machado e secretário, Irineu Telöken.

O novo presidente agradeceu sua antecessora Adriana Meneghini Lermen, a executiva e o diretório, pelo bom trabalho desenvolvido durante os dois últimos anos, e considerou que o PDT chega muito forte e focado, com uma nominata expressiva para as eleições de 2020. Segundo Hergessel, além do alinhamento com o PP e diálogo com outros partidos, nas próximas semanas será feito um trabalho especial em torno de novas filiações, com foco em líderes jovens de 16 a 30 anos, que representam uma fatia de 30% dos votos válidos.

A boa relação com deputados federais e estaduais, além da coordenação estadual, será ainda mais estreitada para ações de cunho organizacional do partido, que também irá impactar num incremento de emendas e, pela primeira vez, repasses do Fundo Partidário.

A principal pauta em torno dos discursos nas comunidades será a necessidade de mudança. Segundo ele, o partido entende que a população está sendo pouco ouvida e, em parte, está abandonada. “Somos funcionários dos munícipes, e devemos nos basear mais nas demandas públicas para realmente sermos respeitados enquanto gestores”, dimensionou.

O vereador também agradece o apoio incondicional da esposa, filha, 12 irmãos, cunhados e sobrinhos, na sua trajetória. Filho do já falecido técnico veterinário, Frihdolino Hergessel, o Fritz, zagueiro do futebol amador e funcionário do AT por 19 anos, se filiou ao partido em 2007, por apreço à figura de Leonel Brizolla. Incentivado pelo ex-prefeito, Paulo Backes e o líder, Paulo Schnorr, Hergessel está na sua terceira legislatura. “Em outros partidos teria pouca chance, porque já havia outros nomes fortes protagonizando. Minha meta era ser suplente em 2008. Me elegi com 527 votos. Em 2012 fui o mais votado com 1065. E em 2016 me elegi com 680, isso porque aumentou o número de cadeiras na Câmara e, consequentemente, o de candidatos. Nas três eleições fiquei em branco em apenas uma das urnas. No diretório sempre atuei enquanto líder de bancada e vogal, e com foco principal em torno da luta das comunidades. Vejo também que os munícipes clamam por mais asfalto com recursos próprios que, com certeza, é possível. Um exemplo é o abandono do bairro Dom Pedro ll, onde os moradores esperam asfalto há mais de 15 anos. Não aguentam mais o barro e a poeira. São apenas 1,9 Km”, compartilhou.

Presente na convenção, o coordenador estadual do PDT, José Odair Scorsatto, também destacou o comprometimento da ex-presidente Adriana com a organização do partido, especialmente no papel de articulação durante as eleições estaduais. Revelou que o partido vive um novo ciclo na parte baixa do Vale do Taquari, voltando a buscar o protagonismo nas eleições. Falou que o fato de Ênio Bacci sair do partido foi difícil pela trajetória e companheirismo, mas que o desafio em ocupar essa lacuna será cumprido com muito empenho e superação. Em Arroio do Meio, além do compor a majoritária, a sigla pretende eleger, de dois a três vereadores.

Em âmbito estadual, pretende crescer de 60 para 100 prefeitos, de 70 para 100 vices e de 700 para 1000 vereadores. Envergadura considerada essencial para conduzir Romildo Bolzan – presidente do Grêmio e ex-prefeito de Osório – ao governo do RS em 2022.

Por daiane