Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 23 de Agosto de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Valor teto para financiamento de imóveis aumenta para R$ 140 mil na Região

, 9 de fevereiro de 2019 às 9h30

A partir de 1º de março aumentará para R$ 140 mil o valor teto regional para financiamentos por meio do programa federal Minha Casa, Minha Vida. A medida contempla Arroio do Meio e mais 35 municípios da Região, a exemplo de Lajeado e âmbito nacional. O assunto foi debatido na última semana no Gabinete do Executivo, onde o prefeito Klaus Werner Schnack, junto à vice Eluise Hammes, engenheira Nívia Fuchs e coordenadores das secretarias de Planejamento, Fernando Enéias Bruxel, e Indústria, Comércio e Turismo, Carlos Henrique Meneghini, receberam o gerente da Caixa Econômica Federal, Giovani Montanha Fernandes e Presidente da Associação dos Profissionais e Empresas da Construção Civil, Imobiliário e Afins de Arroio do Meio (Apreciam), João Carlos Hilgert.

Na ocasião, Schnack recordou ter levado o assunto à assembleia da Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat) em junho de 2017, considerando a dificuldade em adquirir terreno e construir imóveis de qualidade com o financiamento limite de R$ 95 mil para municípios de até 20 mil habitantes e R$ 105 mil para municípios de 20 a 50 mil habitantes. Após ser aprovado pelos prefeitos da Região, o assunto foi encaminhado ao Superintendente Regional da Caixa Econômica Federal, que deu sequência à solicitação local, encaminhando-a para o Ministério das Cidades e Superintendência Nacional do programa de moradia, onde o prefeito de Arroio do Meio acompanhou a tramitação.

Schnack acredita que os novos valores devem aquecer o mercado da construção civil e o ramo imobiliário, viabilizando casas em melhores condições de infraestrutura e com um compartimento extra, atendendo às necessidades das famílias do município e Região. Fernandes e Hilgert também comemoram o anúncio que padroniza o valor teto de financiamento. “Todos saem ganhando, com o aquecimento do mercado e imóveis de mais qualidade”, apostam.

Por daiane