Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 22 de Março de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Saúde

Acisam tem como meta para 2019, apoiar projeto da UTI

, 26 de outubro de 2018 às 9h05

Com 68 anos de existência, o mais antigo da congregação da Divina Providência no Estado, o Hospital São José luta pela implantação da UTI. A reivindicação por parte da comunidade arroio-meense ganhou força na segunda-feira, 22, com a visita do deputado estadual Lucas Redecker (PSDB), recém-eleito para a Câmara Federal. O deputado assumiu o compromisso de trabalhar em prol da pauta, que considera importante não só para o município, mas para toda a região. Participaram da reunião integrantes da direção do hospital, da comunidade e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Arroio do Meio, Adailton Cé. Um ofício foi entregue ao parlamentar nesse sentido.

A reivindicação por dez leitos de UTI, oito destinados ao SUS e dois particulares é uma necessidade da região que tem uma demanda de 60 leitos de UTI, mas possui somente a metade, disponíveis no Hospital Bruno Born e no Hospital Estrela. A implantação evitaria a transferência de pacientes para outras regiões do Estado, o que demanda recursos, tempo e muitas vezes compromete a saúde do paciente.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Arroio do Meio, Adailton Cé, que tem a pauta como uma de suas bandeiras, salienta que Arroio do Meio precisa se mobilizar politicamente e unir esforços para que a UTI saia do papel em 2019.

Entretanto, os custos para a instalação da UTI no Hospital São José são altos. A estrutura física custaria hoje R$ 2,8 milhões e a parte de equipamentos R$ 1,3 milhão. Por esse motivo a direção da casa de saúde trabalha em várias frentes com o objetivo de angariar recursos. O diretor geral de operações da Rede de Saúde da Divina Providência, que administra quatro hospitais, José Clóvis Soares lembrou que a demanda na região por leitos de UTI é maior que a oferta. Explica que os leitos de UTI do HSJ seriam destinados principalmente a atender pacientes vítimas de acidentes de trânsito de toda região. A posição geográfica do município também é um ponto positivo e favorável. “Frequentemente precisamos enviar pacientes para outras regiões do Estado, o que pode piorar o estado de saúde em razão da viagem que é longa e exaustiva”, pontua.

Soares lembrou que um projeto já havia sido aprovado, com recursos provenientes da prefeitura de Arroio do Meio, Hospital São José, governo do Estado e governo federal na proporção de 25% cada um. Porém, a falta de recursos dos governos federal e estadual inviabilizou a estruturação. O diretor destaca a importância da casa de saúde, que se tornou referência para o Vale do Taquari e que em 2017 atendeu pessoas de 161 municípios do Estado. No tangente aos atendimentos ambulatoriais, revelou que em 2017 foram 46.739 pessoas atendidas. No mesmo período foram internadas 3.705 pessoas.

Lucas Redecker, que contabilizou quase 600 votos em Arroio do Meio, agradeceu o apoio recebido dizendo que tem muito apreço e carinho pelo município que sempre o apoiou politicamente. Enfatizou que em Brasília seu gabinete estará de portas abertas para atender as demandas de Arroio do Meio, entre elas, a estruturação da UTI do Hospital São José. Citou a importância das emendas parlamentares, que para muitos municípios se torna a principal fonte de recursos para viabilizar a execução de obras em diversas áreas, inclusive na saúde.

O parlamentar observou que há dificuldade de as casas de saúde manterem o atendimento via SUS em razão do atraso nos repasses de valores por parte do governo do Estado, revelando que não há nenhuma previsão para o repasse. “Podem contar comigo. Assim que iniciar o processo de indicações de emendas parlamentares colocarei essa demanda como prioritária, que representa a coletividade e é muito importante para Arroio do Meio. Destinar emendas parlamentares não é uma atribuição do deputado estadual, por isso nunca o fiz”.

Por daiane
Na presença de representantes da comunidade e o presidente da Acisam, direção do Hospital São José entregou ofício ao deputado Lucas Redecker, solicitando apoio para a implantação de 10 leitos de UTI

Na presença de representantes da comunidade e o presidente da Acisam, direção do Hospital São José entregou ofício ao deputado Lucas Redecker, solicitando apoio para a implantação de 10 leitos de UTI