Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 19 de Abril de 2018

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Cultura

III Festival Infantil abre as festividades do 35º aniversário do Helmuth Kuhn

, 13 de abril de 2018 às 10h28

O Grupo de Danças Helmuth Kuhn, de Arroio do Meio, vive amanhã, 14 de abril, mais uma de suas datas especiais, alusiva aos seus 35 anos de história. O III Festival Infantil, que se realiza no Sport Clube Sete de Setembro, em São Caetano, marca o início destas festividades. A programação inicia às 9h30min com recepção dos grupos visitantes em frente à secretaria de Educação, no Centro. Às 10h acontece o desfile pela rua João Carlos Machado até a Igreja Matriz e em seguida carreata até o Sport Clube Sete de Setembro onde acontece a programação que se estende a tarde com brincadeiras e muitas danças.

A comunidade de Arroio do Meio está convidada a participar desta programação, que reúne 10 grupos, vindos de 10 municípios. No local haverá serviço de copa e lanches.

O Grupo de Danças Helmuth Kuhn é um nome forte para a comunidade de Arroio do Meio e, para a cultura alemã, um ícone de resistência, pois em meio a tanta modernidade consegue manter 192 integrantes ativos dedicados à dança e ao cultivo das tradições.

O grupo iniciou as suas atividades em março de 1983, com o senhor Helmuth Kuhn. As categorias de base vieram quatro anos mais tarde. Foi em 1987 que o grupo, até então formado por integrantes jovens e adultos, resolveu oportunizar o ingresso de crianças. Quem teve essa iniciativa foi Fernando Fensterseifer, primeiro coordenador das categorias infantis.

As categorias de base sempre foram um alicerce para o grupo e a certeza que alguns irão continuar escrevendo a história. Eduardo Delmar Kaufmann e Fabiane Petry fizeram parte da primeira turma do juvenil em 1987, Marcelo Dullius da primeira turma do Mirim e Patrícia Korner Hofstetter, Francine Gasparoto e os irmãos Guilherme e Eduardo Kuhn, Maria Cecília Bersch Stürmer e José Delmar Kaufmann Júnior participaram da categoria Mirim. Hoje todos são integrantes ativos na categoria Oficial. Após longos anos, a coordenação destas categorias ficou a cargo de Ingrid Mariane Drimeyer. Em 2008/2009 Magda Fabiana Kaufmann e Marceli Goettems Galli, ambas integrantes da categoria Oficial, reforçaram o time da coordenação.

Em 2008 a categoria Mirim era formada somente por seis integrantes, (Walter Roberto Rahmeier Júnior, Ryan Carlos Majolo Dressler, Vitor Juchem, Daiani Loch, Joana Galli e Maiara Werner) Luana Lange Barth também foi integrante das categorias infantis e hoje todos fazem parte da categoria Juvenil.

Os irmãos Larissa e Andersen Barreto Müller e Dauana Delazeri também, em 2008, integravam o Juvenil e hoje fazem parte da categoria Semioficial. “E assim todos os integrantes deixam a sua marca no Grupo Helmuth Kuhn, muitas histórias e lembranças para recordar. Os encontros semanais para o ensaio resultam em amizades para uma vida toda. E é esse elo que mantém o grupo fortalecido e motivado para seguir em frente, afinal são 35 anos de uma linda trajetória”, comenta a integrante e coordenadora, Marceli Goettems Galli.

Com o passar do tempo a vinda de integrantes novos e o surgimento de novas categorias, trouxe a necessidade da coordenação se dividir, sendo que Marceli assumiu as categorias Juvenil e Semioficial e Magda continuou com as categorias menores recebendo o reforço da também integrante da categoria Oficial, Fabiane Petry. Atualmente as categorias infantis são formadas por Pré-Mirim, categoria que estreou no baile da Primavera em 2017 com 17 integrantes, categoria Mirim com 24 integrantes e as categorias Infanto-Juvenil I e Infanto-Juvenil II que somam 42 integrantes. No total são 83 crianças e pré-adolescentes que se envolvem com uma opção sadia, se divertem e ainda cultivam os antepassados.

A alegria de sempre poder participar dos encontros folclóricos promovidos por grupos de outras cidades e regiões é a mesma sentida agora, quando o Grupo Helmuth Kuhn será o anfitrião.

Magda Fabiana Kaufmann, coordenadora das categorias infantis, diz que o Grupo de Danças Helmuth Kuhn é realmente uma família, que vem crescendo muito rápido nos últimos anos. “Envolver as crianças neste ambiente familiar, ensinando a elas a importância de ter amigos, de conviver em equipe, de dividir alegrias e tristezas, de comemorar conquistas, enfim, envolvê-las nessa atividade sadia que é a dança e o cultivo da tradição alemã, estamos dando-lhes a oportunidade de se tornarem adultos com valores éticos, responsáveis, comunicativos, criativos e preparados para o futuro. Sabemos que a base familiar é tudo na vida do ser humano. E nós do Helmuth Kuhn batalhamos para fortalecer ainda mais esta base, dentro desta família que se forma entre nós”.

Magda elogia ainda o apoio dos pais, que é fundamental para que as crianças permaneçam no grupo. “E este apoio nós temos com força total. Agrademos de coração a cada pai e mãe, e a cada dançarino por escolher fazer parte deste grupo. Eu sinto muito orgulho em dizer que faço parte desta família”.

Para a coordenadora das categorias infantis, Fabiane Petry, é uma alegria muito grande poder estar entre as crianças, jovens e pais. Sente um carinho muito grande por cada uma delas. Afirma ser gratificante poder ensinar uma dança e depois ver o resultado em apresentações, sempre fazendo bonito e encantando as pessoas que as assistem. “Ver essas crianças em um ambiente saudável, de amizade, alegria e diversão faz com que a gente tenha certeza de que estamos fazendo nossa parte para um mundo melhor”, destaca, agradecendo o apoio dos pais que é fundamental para o sucesso do trabalho.

Por daiane