Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 08 de Dezembro de 2019

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Eventos

Stephanie Rehfeldt representa Arroio do Meio no Miss RS

, 2 de fevereiro de 2018 às 13h26

Arroio do Meio terá representante no concurso Miss Rio Grande do Sul 2018. A missão de fazer bonito no concurso estadual, que ocorre em março, está nas mãos da biomédica Stephanie Rehfeldt, de 25 anos.

Biomédica especialista em biomedicina estética e em análises clínicas e toxicológicas, mestre em Biotecnologia e também doutoranda em Biotecnologia pela Univates, Stephanie trabalha como biomédica esteta em seu espaço. Além disso, empenha-se em pesquisa 20 horas semanais, nas quais avalia compostos sintéticos e naturais para serem utilizados para impedir a morte neuronal, observada na doença de Alzheimer e outras doenças neurodegenerativas.

Para ela, o convite para participar do concurso significa um momento de superação de uma fase complicada da infância e da adolescência. “No período escolar, tive problemas de aprendizagem e sofri as ‘dores de ser uma aluna diferente’. Esquecia de prazos, provas, tarefas de casa e, quando lembrava de fazer, deixava para a última hora. Ou estava ‘no mundo da lua’ ou estava indo de classe em classe conversar com os colegas ou apenas andando pela sala de aula. Ninguém entendia muito bem o que acontecia e por isso tive que lidar com o bullying”.

O período lhe trouxe sofrimento interno, dúvidas sobre quem era e um sentimento grande de negação e autocrítica. “Para me ‘encaixar’ passei a ser muito diferente do que é minha essência, de quem realmente sou. Não gosto da palavra ‘vítima’, prefiro a ‘sobrevivente’ e, sendo assim, além das questões escolares sobrevivi ao abuso psicológico, relacionamento abusivo e à violência contra a mulher. Todos esses eventos foram me desestruturando emocionalmente até o ponto que entrei em depressão. Com vergonha de sair na rua, evitava ao máximo o contato com outras pessoas e foquei nos estudos, abdicando da vida social”.

Com ajuda profissional, Stephanie entendeu que tudo o que passou foi em decorrência de um Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) não diagnosticado. “Vi que eu não era anormal, vi que tinha sim condições e força de vontade. Entendi que eu sou um ser humano que possui um cérebro um pouco diferente das demais pessoas e que nem por isso eu sou mais ou menos merecedora de ser feliz e respeitada do que qualquer pessoa. Aos poucos fui ganhando um pouco de confiança e comecei a movimentar minhas redes sociais com algumas fotos nas quais estava bem-arrumada ou divulgando meu trabalho. Certo dia recebi a solicitação de amizade do Marco Aurélio (coordenador do Miss RS) pelo Facebook e aceitei. Recebi uma mensagem na qual ele dizia que tinha visto meu perfil e que estava me convidando para participar do Miss RS Be Emotion 2018. Após ler, reler a mensagem inúmeras vezes e me beliscar para me certificar de que não estava sonhando, concordei em participar e encarar esse desafio”.

Preparação

Para representar bem o município, Stephanie está em intensa preparação. Tem se dedicado a atividades físicas, dieta e procedimentos estéticos, sem esquecer da parte intelectual. “Além disso, todas nós nos encontramos com certa regularidade para conversar, ensaiar e trocar experiências. Essa experiência tem me trazido uma felicidade sem tamanho. Fico honrada e muito grata por Arroio do Meio permitir a realização de um sonho e um desafio dessa magnitude. Recebo mensagens de apoio nas redes sociais e algumas pessoas me parabenizam na rua mesmo”, destaca a Miss Arroio do Meio, frisando ainda a união e amizade do grupo de candidatas, além dos coordenadores Marco Aurélio e Diogo e demais profissionais.

Mesmo sendo natural de Teutônia, há alguns anos a Pérola do Vale se tornou a segunda casa da biomédica. Além da faculdade, a decisão definitiva em se mudar para Arroio do Meio se deu em função do namoro. Quando ela e o namorado – que mora no município desde a infância – decidiram morar juntos, não pensaram duas vezes sobre onde fixar residência. “Fiquei encantada pela cidade. Desde a época que eu passava apenas meus fins de semana na cidade, já admirava a possibilidade de frequentar a praça, sentar em frente à Igreja Matriz, fazer caminhadas na área de lazer, passear com os cachorros”. Moradora do Centro, ela destaca o fato de ter diversos serviços próximos de casa, sem ter a necessidade de usar o carro.

“Como cidadã arroio-meense, representar Arroio do Meio significa enaltecer minha cidade mostrando aos visitantes seus pontos turísticos, servindo como exemplo e referência de atendimento humanizado em saúde, de pessoas trabalhadoras, já que possui o segundo maior PIB da microrregião com 31 cidades, além da alfabetização já que 99,8% da população arroio-meense com 15 anos ou mais é alfabetizada. Com persistência, nós mulheres somos capazes de muito mais do que imaginamos! Inclusive, não concordo muito com a imagem de uma miss inatingível, ela é uma pessoa como qualquer outra, com qualidades e defeitos, nem melhor e nem pior que ninguém. Para finalizar, quero deixar uma mensagem para todas as mulheres: amem-se, respeitem-se, libertem-se, vocês são lindas e imperfeitamente perfeitas. Acreditem se eu consegui, qualquer uma consegue”.



				
Por daiane