Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 23 de Julho de 2018

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Motociclistas reclamam da retirada do estacionamento exclusivo para motos

, 12 de janeiro de 2018 às 8h23

Com o início dos trabalhos de pintura e sinalização horizontal para implantação de estacionamento rotativo nas ruas centrais de Arroio do Meio, as vagas de estacionamento para motocicletas foram retiradas, o que gerou insatisfação por parte dos motociclistas.

A nova pintura delimita estacionamento apenas para automóveis, no entanto, o estacionamento de motos não é proibido. “Enquanto não houver sinalização vertical regulamentando o estacionamento rotativo, esses condutores não serão autuados em razão de não existir sinalização vertical”, explica o coordenador do Departamento de Trânsito Luiz Fermino Soares. Ele informa que a empresa vencedora do processo licitatório para a sinalização vertical iniciou a colocação das placas no decorrer da semana. Como as placas possuem força de lei, ficarão cobertas com sacos pretos até a implantação do rotativo, a fim de evitar que motociclistas ou motoristas de caminhão sejam multados, já que as vagas são exclusivamente para automóveis.

Transtornos

Um motociclista que não quis se identificar e que trabalha no Centro diz que não concorda com a retirada das vagas delimitadas para motos em locais específicos e que a Administração errou ao retirá-las. Outra comerciária que também trabalha no Centro repudia a decisão tomada pela Administração Municipal dizendo que grande parte dos condutores do município possuem motos, que são baratas, econômicas e ocupam pouco espaço ao ser estacionadas, o que é uma vantagem. “Trabalho no Centro e preciso estacionar próximo a meu trabalho. Fica difícil estacionar minha motoneta Biz em uma rua, ou num estacionamento distante e caminhar até o trabalho. Eles precisam pensar nos motociclistas que são grande parte dos condutores do município. Além disso, há a questão da visibilidade nas esquinas. Um veículo de grande porte estacionado na esquina dificulta a visão do condutor que precisa avançar além do local estabelecido para poder visualizar, invadindo a preferencial, o que pode causar um acidente”, argumenta.

O industriário, Cesar Rahmeier, do bairro São Caetano possui carro, mas é a motocicleta que utiliza para trabalhar e se deslocar ao Centro. O motivo é a economia e a mobilidade que este tipo de veículo proporciona. Disse que a retirada dos estacionamentos de moto traz dificuldades para as pessoas que utilizam esse tipo de veículo. “É preciso ter mais estacionamentos para motos. Pago imposto como qualquer outro proprietário de veículos de quatro rodas, que por sinal não é barato. E aí como fica?”, questiona.

Soares informa que um novo local foi designado para o estacionamento de motocicletas que fica na rua Monsenhor Jacob Seger, ao lado da Casa do Museu, contemplando 25 vagas, já em funcionamento. Lembra que outro local está em fase de implantação, em frente à secretaria de Educação com 40 vagas. Explica que a comissão de Mobilidade Urbana está estudando o assunto para a implantação de outros estacionamentos para os veículos de duas rodas. “Nossos motociclistas não ficarão desassistidos, encontraremos uma solução o mais rápido possível”, explica e lembra: “os dois estacionamentos somarão juntos 65 vagas, mas esse número deve ser ultrapassado com a implantação de outros estacionamentos exclusivos para motos, superando 100 vagas”.

Rotativo

O início do estacionamento rotativo está previsto para o mês de março, em data ainda não definida. Além da conclusão da sinalização vertical, falta ainda a numeração das vagas e contratação dos responsáveis pela fiscalização, que deve ser via processo licitatório. Após o início das atividades, haverá 60 dias como período educativo no qual os condutores serão orientados sobre a modalidade de rotativo com a distribuição de folders e materiais educativos.

Todavia, Luiz salienta que os trabalhadores do comércio não serão prejudicados com a implantação do estacionamento rotativo, uma vez que serão disponibilizados espaços para o estacionamento, sem limite de tempo para a permanência dos veículos. Informa que além do espaço em frente à Área de Lazer que já é utilizado pelos munícipes e será revitalizado, outros três locais serão disponibilizados. Dois deles ficam na rua Visconde do Rio Branco: um ao lado da lancheria Barracão Tropical (Dani) com espaço para cerca de 15 automóveis e outro em frente à LS confecções. O quarto espaço está situado na rua Dr. João Carlos Machado, entre a estação rodoviária e a farmácia Droga Ativa também.

Conforme o coordenador, esses espaços que são de propriedade privada não gerarão custo ao erário público.

Por daiane
Antes da delimitação da área para o rotativo, estacionamentos de motos estavam concentrados nas esquinas, o que facilitava, inclusive, a visão dos motoristas

Antes da delimitação da área para o rotativo, estacionamentos de motos estavam concentrados nas esquinas, o que facilitava, inclusive, a visão dos motoristas