Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 30 de Setembro de 2020

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Eventos

Como guardar a decoração?

, 5 de janeiro de 2018 às 6h00

A árvore de Natal tem dia certo para começar a ser montada e também para ser desmontada. O correto é iniciar a montagem no dia 30 de novembro, quando se inicia o tempo do advento (preparação para a chegada de Jesus) para a Igreja. Para os católicos, os enfeites devem ser colocados aos poucos até o Natal, como uma preparação. Já a desmontagem deve ocorrer em 6 de janeiro, Dia de Reis. Neste dia, que marca o encerramento dos festejos natalinos, os três magos encontram Jesus.

Encerrado o período de festas, é hora de desmontar a decoração e isso requer cuidado e método para guardar tudo para o próximo ano. A especialista em organização doméstica e pessoal, Ingrid Lisboa, explica que primeiro é necessário tomar cuidado, especialmente na retirada das bolinhas e do pisca-pisca, pois se uma luzinha queimar, o conjunto deixa de funcionar.

No caso de haver pó nos enfeites, um pano seco resolve o problema. Segundo Ingrid, tudo precisa ser separado e acondicionado em embalagens adequadas. “O melhor é não usar caixas de papelão, pois elas podem contribuir para a proliferação de traças ou surgimento do mofo. O mais adequado é utilizar embalagens de plástico e sempre do tamanho dos objetos a serem guardados, pois se eles ficarem soltos vão bater uns nos outros e podem quebrar. As caixas de ovos de isopor, por exemplo, servem para as bolinhas. Se elas forem maiores, podemos usar copos plásticos”, sugere.

O pisca-pisca, explica, pode ser enrolado com plástico filme, o mesmo usado na cozinha para acondicionar alimentos. Ingrid lembra que borrachinhas de dinheiro nunca devem ser utilizadas para prender os enfeites ou galhos do pinheiro. “Elas acabam derretendo com o tempo e no próximo Natal a pessoa pode ter uma surpresa desagradável”, avisa.

No momento da desmontagem, lembra Ingrid, é preciso fazer o conserto daquilo que acabou estragando ou já descartar o objeto se não for possível arrumar. “Isso tem que ser feito na hora. Se fica para depois, a gente nunca faz”, alerta. Outro ponto ressaltado é sobre o espaço para guardar a decoração em um armário. “Se novos enfeites foram comprados, é possível que falte espaço. Nesta hora precisamos ver se não estamos guardando neste armário algo que não seja mais útil. O princípio da organização é guardarmos aquilo que realmente precisamos. Tudo o que não é necessário deve ter uma nova destinação. Pode ser doado para amigos, familiares ou para alguma instituição. O que está estragado, se não for possível consertar e não tiver outra utilidade, deve ir para o lixo”.

Por daiane