Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 20 de Novembro de 2017

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Cultura

Maristela Palaoro transforma tecidos em obras de arte

, 10 de novembro de 2017 às 13h38

A arte faz parte da vida de Maristela Palaoro há cerca de 37 anos. O gosto pelo trabalho despertou com uma amiga do Paraná durante a gravidez do primeiro filho, quando ela morava em Ponta Porã (MS). Com o aprendizado fez todo o quarto do filho, assim como as decorações de aniversários, desde tortas até lembrancinhas.

Os trabalhos artísticos eram um hobby até 1990, quando voltou para Arroio do Meio e começou a trabalhar na Amam. Na entidade aprimorou seus conhecimentos em vários segmentos da arte, aprendendo mais sobre os materiais através da prática com as crianças. “A experiência me fez ver que era isso que eu queria para minha vida, trabalhar com a arte”, enfatiza.

E o amor por trabalhar na área continua até hoje. Dos materiais artísticos, é com o tecido que ela tem mais afinidade, tanto que de suas mãos saem lindas obras de arte. São cachorros, bonecas dos mais variados estilos, São Francisco de Assis, almofadas e anjos. “Minhas paixões são pelas bonecas, bichos e pelo São Francisco de Assis. Acho que esse é o bacana do tecido, pois se pode brincar com as cores e estampas, criando belas obras de arte”.

A riqueza de detalhes é um dos diferenciais do seu trabalho. Segundo ela, nenhuma criação é igual a outra. Sempre há algo que a torna especial. Uma de suas criações é a boneca inspirada em si mesma. Há todo um cuidado com os cabelos da boneca, além de detalhes como tesoura, fita métrica e máquina de costura, determinando sua vocação.

Esse quesito fez com que suas obras fossem para vários lugares do Brasil e do mundo, já que suas vendas são feitas somente por encomenda. “Todas foram levadas daqui para presentear alguém. Além de Arroio do Meio, meus trabalhos já foram para Porto Alegre, Venâncio Aires, Brasília, Paraná, Rio de Janeiro e Estados Unidos”.

Além do tecido, Maristela também trabalha com renda, panos de pratos, toalha com motivos natalinos, entre outros. Para repassar o aprendizado adquirido ao longo dos anos, há cerca de dois ela montou um espaço em sua residência onde promove encontro com artistas. São três encontros semanais com aproximadamente 10 pessoas. “São grupos pequenos para poder dar atenção especial a quem tem mais dificuldade. A intenção do espaço é aprender, dividir e trocar experiências, aliado ao prazer de uma boa conversa”, enfatiza.

Quem tiver interesse em participar dos encontros ou até mesmo presentear alguém com alguma das artes de Maristela pode contatar pelos telefones 3716-4302 ou 99113-0698.

Por daiane