Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 07 de Abril de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Defensoria Pública inaugura novas dependências

, 13 de outubro de 2017 às 9h50

Foram inauguradas na manhã de terça-feira dia 10, as novas dependências da Defensoria Pública de Arroio do Meio. Para melhor atender a população do município e cidades vizinhas, desde o início do mês a Defensoria está sediada num local exclusivo, na rua Gustavo Wienandts, 469, Centro. O novo endereço fica a 50 metros do Fórum, antigo local de atendimento – ao lado do Cras e serve aos municípios de Coqueiro Baixo, Capitão, Nova Bréscia, Pouso Novo e Travesseiro. Auxilia também as Varas de Execução Criminal de Guaporé e Encantado.

Participaram da inauguração autoridades municipais e representantes de órgãos públicos de segurança do município. Esteve presente ainda o Defensor Público-Geral do Estado, Cristiano Vieira Heerdt; a Subdefensora Pública-Geral do Estado, Cassandra Sibemberg Halpern e a vice-presidente da Associação dos Defensores Públicos do Estado, Bárbara Sartori.

Em seu discurso o defensor público titular da Comarca de Arroio do Meio, Fabrício de Azevedo Souza, destacou a importância do órgão ter uma sede própria que ofereça acessibilidade e conforto para melhor atender a população. Também frisou que a inauguração representa o efetivo compromisso da instituição em proporcionar estrutura física adequada para uma atuação de excelência, ampliando o acesso aos direitos. “Que esta nova casa sirva como fonte inspiradora para continuarmos a busca pela transformação da realidade social, pela garantia irrestrita da cidadania e dos direitos humanos, e pelo cumprimento integral dos objetivos da Defensoria Pública e dos direitos de nossos assistidos”, observa.

O Defensor Público-Geral do Estado, Cristiano Vieira Heerdt, elogiou a comunidade arroio-meense pela inauguração da nova sede e destacou a importância do espaço que oferece acessibilidade a quem procura atendimento junto à Defensoria Pública. Agradeceu ao poder Judiciário que cedeu acomodação por vários anos à Defensoria e que hoje precisa do local para dar vazão aos inúmeros processos que ali se encontram. Sugeriu que o espaço inaugurado, que é público, quando não utilizado pelo órgão, sirva também para integração com palestras direcionadas a jovens e adolescentes, bem como a idosos, concretizando assim uma parceria com a comunidade.

A sede

O espaço que possui 95 metros quadrados, atende os princípios de acessibilidade universal, bem como banheiro adaptado para cadeirante e pessoas com pouca mobilidade. O espaço é contemplado com saguão de espera, sala administrativa e gabinete privativo para o Defensor Público, bem como mobiliário à disposição.

Por daiane