Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 16 de Junho de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Saúde

Serviço em Saúde Mental garante premiação para o Hospital São José

, 15 de setembro de 2017 às 9h57

O Hospital São José (HSJ), de Arroio do Meio, recebeu na noite de terça-feira, em Porto Alegre, o Prêmio Luiz Carlos Rocha Falchi de Gestão Hospitalar, categoria Gestão do Atendimento e Segurança do Paciente. O HSJ foi premiado pelo Serviço em Saúde Mental, cujo atendimento completou 10 anos em 2017.

O Prêmio Luiz Carlos Rocha Falchi de Gestão Hospitalar é promovido pela Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do Rio Grande do Sul e tem por objetivo reconhecer as melhores práticas de gestão desenvolvidas nos hospitais filantrópicos do Estado em prol da sociedade em que estão inseridos. A premiação é dividida nas categorias: Gestão de Processos, Gestão de Pessoas e Gestão do Atendimento e Segurança do Paciente. As instituições participantes foram divididas em Classe 1 para hospitais até 100 leitos e Classe 2 para hospitais acima de 100 leitos.

A SAÚDE MENTAL

O Hospital São José, com o aval da mantenedora, a Sociedade Sulina Divina Providência, foi o primeiro do Vale do Taquari a fazer adesão para atendimento de pacientes psiquiátricos e compor a Rede de Atenção Integral e Saúde Mental no RS. Iniciou o projeto do Serviço em Saúde Mental no ano de 2007, ocasião na qual a região carecia de atendimentos hospitalares específicos em saúde mental.

De lá para cá houve uma grande evolução. Capacitações, aprimoramento das atividades, ampliação da equipe, quebra de paradigmas e aumento no número de leitos são apenas alguns dos muitos avanços obtidos nesta década. Mas o legado mais importante é que o serviço fez e continua fazendo a diferença na vida de muitas pessoas.

Desde 2015 o Hospital São José também conta com o Programa de Residência Médica em Psiquiatria, vinculado ao MEC. Com isso, o hospital deu um passo ainda maior, passando a ter participação ativa também na formação de novos médicos psiquiatras. O Programa de Residência Médica em Psiquiatria trouxe ainda mais qualificação para o atendimento. Houve uma considerável ampliação na equipe e desde a metade de 2015 está em funcionamento o ambulatório, que oferece consultas e acompanhamento psiquiátrico.

Atualmente o atendimento à saúde mental é realizado por uma equipe interdisciplinar que inclui psicólogos, assistente social, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticas, nutricionistas, educadora física, médicos psiquiatras, médicos residentes, serviços administrativos entre outros.

Todos os pacientes, salvo raras exceções, seguem um cronograma ocupacional que inclui arteterapia, oficina de cerâmica e de nutrição, atividades físicas, cinema, rodas de conversa, grupos terapêuticos, oficina de farmácia, grupos de famílias e outros.

Por daiane