Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 24 de Fevereiro de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Carta Branca

Caio Fernando Abreu

28 de setembro de 2017 às 17h20

Aqui vai uma dica para quem está querendo encontrar leitura boa. A dica é Caio Fernando Abreu. Livros de Caio Fernando Abreu, cujo aniversário de nascimento aconteceu agora, no dia 12 de setembro.

Caio Fernando Abreu foi escritor e jornalista de mão cheia, cheíssima. Gaúcho de Santiago, nasceu em 1948 e morreu em 1996. Teve uma vida curta, mas movimentada, intensa. Passou a maior parte dela fora do Rio Grande, andando entre São Paulo e Rio ou em viagens pela Europa. Sem conseguir parar – nunca teve casa própria ou endereço estável -, Caio viveu à procura.

Esta condição pode não ter ajudado a curtir a vida numa boa, mas certamente aumentou a chance de captar o clima fim-de-século. Isto mesmo, à medida que os anos passam, fica mais claro que o escritor gaúcho foi dos melhores intérpretes de sua época, no que diz respeito à vida que se vive nas cidades grandes. Temas favoritos: a solidão experimentada por quem está rodeado de pessoas desconhecidas e a angústia dos que tudo tem – aparentemente. Por isso mesmo, antes que você compre os livros, cabe avisar que a obra de Caio também não é leitura para curtir numa boa. Caio Fernando Abreu vai fundo, consegue apalpar a alma.

Umas amostrinhas:

“A cidade lá fora, com gentes falando sempre alto demais, sem parar, entrando e saindo de lugares, bebendo, comendo coisas, pagando contas, dançando alucinadas, querendo ser felizes antes de segunda-feira: urgente. ”

*******

“Se algumas pessoas se afastarem de você, não fique triste, isso é a resposta da oração “livrai-me de todo o mal, amém”.

********

“Natural é as pessoas se encontrarem e se perderem. ”

********

“Quem diria que viver ia dar nisso? ”

*********

“Nada em mim foi covarde, nem mesmo as desistências: desistir, ainda que não pareça, foi meu grande gesto de coragem. ”

*******

“Olha, eu sei que o barco tá furado e sei que você também sabe, mas queria te dizer pra não parar de remar, porque te ver remando me dá vontade de não querer parar de remar também. ”

********

“Não tem coisa melhor (nem pior) do que gente. ”

Por daiane