Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 15 de Dezembro de 2017

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Saúde

Gripe faz a primeira vítima em Arroio do Meio

, 11 de agosto de 2017 às 10h10

A Secretaria de Saúde do Estado confirmou a primeira morte em função de gripe em Arroio do Meio. O anúncio desta e de mais duas mortes no Estado foi feito pelo secretário João Gabardo dos Reis em seu Twitter, na quinta-feira, dia 3. A vítima arroio-meense era do sexo masculino, tinha 45 anos e faleceu na segunda quinzena de julho, no hospital de Lajeado. Não havia feito a vacina e, segundo a informação da secretaria de Saúde do Estado, não era portador de doença crônica. Foi vítima de influenza B.

Com a notícia da morte em decorrência de gripe influenza B, que evoluiu para uma pneumonia, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do secretário Gustavo Zanotelli, reitera os cuidados básicos que devem ser tomados para prevenir e curar os sintomas da gripe. Dentre eles lavar bem as mãos, evitar ambientes fechados, usar lenços de papel, álcool em gel e seguir corretamente as indicações médicas. “São ações simples que devemos adotar no dia a dia”, reforça Zanotelli.

Ele tranquiliza a população dizendo que não há outros casos de gripe B ou A confirmados no município. “Todos os casos suspeitos são encaminhados para análise laboratorial, sendo que até hoje não tivemos nenhuma notificação”, afirma, dizendo que não há motivos para pânico, porém prevenir-se com cuidados básicos é um bom remédio. Também informa que a secretaria da Saúde está à disposição da comunidade para maiores dúvidas.

Os tipos de gripe

O secretário explica que a doença da gripe, que é causada pelos vírus Influenza, se divide em três subtipos que são: Influenza A, B e C.

Influenza A

O vírus - Os vírus da influenza A acometem infecção das células no trato respiratório, é o local onde o vírus se multiplica. A proliferação de vírus A (h1n1) e A (h3n2) são de origem suína e circulam atualmente em humanos. Já os subtipos A (h5n1) e A (h7n9) são de origem aviária que também podem infectar humanos e causar doenças graves como aconteceu no passado. O mais comum e responsável pela epidemia é o subtipo A (h1n1).

Influenza B

O vírus - Este vírus não evolui como o Influenza A por causa da sua baixa viralidade, ou seja, incapacidade de se propagar entre os seres vivos. Tendo poucas chances de causar uma epidemia, o que não o impede de causar complicações de saúde como pneumonia viral e bacteriana.

A proliferação – Sua baixa viralidade é por causa de sua infecção que só acontece em humanos. Até o momento ainda não foram encontradas infecções com o vírus Influenza B em animais.

Influenza C

O vírus - O vírus da gripe influenza C causa problemas ou infecções respiratórias de brandas a leve e não causa impacto na saúde pública, por isso não há preocupação e nem relação com epidemias. A infecção é semelhante a Influenza A e B sem diferença.

A proliferação – Também tem uma baixa viralidade e só é encontrado em seres humanos. Não havendo indícios de infecção em animais.

Os sintomas para todos os tipos e subtipos da gripe Influenza, são iguais aos da gripe comum, apenas com maior intensidade. Portanto, requer muito mais cuidado, pois, as pessoas infectadas com qualquer um dos vírus citados acima podem apresentar febre súbita e repentina de 38º a 39º graus, além de dores fortes nos músculos, cabeça, garganta e articulações, irritação nos olhos, tosse, coriza, cansaço e inapetência. Em alguns casos pode ocorrer vômitos e diarreia.

Por daiane