Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 18 de Outubro de 2017

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Fiéis celebram a festa de Corpus Christi

, 16 de junho de 2017 às 9h23

Uma manhã ensolarada levou centenas de pessoas para as missas e procissões de Corpus Christi, realizadas na igreja Matriz e na igreja da comunidade São Vendelino, de Forqueta, Arroio do Meio. No Centro, a procissão percorreu as ruas Monsenhor Jacob Seger, passando pela Júlio de Castilhos, São João, subindo pela Dr. João Carlos Machado, encerrando em frente à igreja. A missa foi celebrada pelo pároco Alfonso Antoni.

Já em Forqueta, foram confeccionados, nas proximidades da igreja, os tradicionais tapetes coloridos para a passagem do Santíssimo. O trabalho contou com a participação de voluntários que começaram a confecção ainda de madrugada. A missa foi celebrada pelo padre Felipe Bernardon.

O significado da festa

Corpus Christi significa Corpo de Cristo e faz uma referência direta à Eucaristia. A festa tem ligação profunda com a quinta-feira Santa quando foi instituída a Eucaristia, conforme explica o padre Alfonso. É celebrada sempre na semana seguinte à Santíssima Trindade ou 60 dias depois da Páscoa. Está muito ligada à Páscoa, que é a entrega, morte e ressurreição de Jesus.

Uma prática que sempre marca a festa de Corpus Christi é a procissão. “Tem um sentido de recordar a caminhada do povo de Deus, que lembra a vivência do dia a dia, do cotidiano. A procissão também lembra que Jesus caminha com seu povo, está presente conosco. É a Eucaristia que nos alimenta, dá força, assim como foi com o maná no deserto Jesus se faz alimento e sustento para a caminhada”, diz o padre.

E a questão da procissão tem ainda outro aspecto. O caminhar nas ruas, no espaço público é também uma demonstração pública da fé e, ao mesmo tempo, em relação à Eucaristia, demonstra a acolhida, a presença de Jesus na Eucaristia.

Os tapetes coloridos

A tradição dos tapetes coloridos tem o sentido de homenagem à Jesus. Quem carrega o Santíssimo passa por cima dos tapetes, que são como uma homenagem, remontando à entrada de Jesus em Jerusalém, quando as pessoas também enfeitaram o seu caminho. Por isso as pessoas também enfeitam as casas, como uma forma de demonstrar carinho e acolhida para com Jesus.

Por daiane