Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 20 de Outubro de 2017

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Bispo inaugura igreja São Francisco de Assis em Dona Rita

, 17 de junho de 2017 às 9h30

Um público de centenas de pessoas, incluindo autoridades, líderes comunitários e religiosos, compareceu a inauguração da igreja São Francisco de Assis, da comunidade de Dona Rita, Arroio do Meio, no domingo. A bênção e celebração foram conduzidas pelo Bispo da Diocese de Santa Cruz, Dom Aloísio Alberto Dilli, e o pároco da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, padre Alfonso Antoni, com a participação do grupo de canto da comunidade, proporcionado muita emoção aos presentes.

O bispo Dom Aloísio fez uma reflexão do momento de gratidão vivido pela comunidade que transformou a antiga escola em um templo material e espiritual, sendo uma casa para Deus e as pessoas.

O presidente da comunidade, Robert Vian, falou da boa receptividade das famílias durantes as visitas para arrecadar recursos, agradeceu o engajamento das entidades apoiadoras – SER Esperança de Dona Rita, Clube de Mães, Apostolado da Oração, CPM da escola, Grupo de Idosos Sempre Sorrindo e Comunidade Católica –, e grupo de jovens. “O templo é para fortificar a comunidade, melhorar as ações e a continuar fazendo história”, afirmou.

O pároco Alfonso agradeceu a presença do Bispo, que já cumpria agenda no município participando de um retiro de escolas de catequese no Seminário Sagrado Coração de Jesus, e cumprimentou a comunidade por assumir a realização do sonho de reconstrução e ampliação da igreja. “A obra é um exemplo que soma de esforços é fundamental para promover realizações na vida”, ressalvou.

O corte da fita foi apadrinhado pela família de Ernani Brod. Após a celebração ocorreu grande evento festivo, com almoço, rifa, pescaria e animação da banda Vida Alegre, de Travesseiro.

Mais sobre a obra

Com um custo de R$ 200 mil, já era planejada há pelos menos uma década e foi viabiliza com o esforço da gestão de várias diretorias, e o apoio de toda a comunidade. A organização para edificação teve início em 11 de janeiro de 2016, após assembleia geral.

A decisão considerou questões de segurança, pois a estrutura já estava comprometida, e o assoalho poderia ceder em celebrações com presença de maior público. Outras diretorias já guardavam recursos para esta realização. Havia cerca de R$ 80 mil em caixa. A construção iniciou em 16 de maio de 2016, logo após a terraplanagem ficar pronta. Foi executada por três profissionais da construção civil com apoio de grupos estratégicos e mutirões de moradores.

Para completar o investimento, foram feitas campanhas e eventos promocionais envolvendo as seis entidades da comunidade, além da contribuição dos sócios e doações. Foram obtidos cerca de R$ 80 mil. E os R$ 40 mil, que tecnicamente ainda faltam, serão saldados ainda por esta diretoria que está no segundo mandato.

Da estrutura da antiga capela/escola, construída em 1956, restaram três paredes, a frente e as aberturas. O novo local possui 180 m², ficando 64 m² mais amplo. Tem espaço para mais de 200 pessoas sendo 125 pessoas sentadas, além de novo altar. O telhado possui forro térmico e o piso prontilagem. A nova torre que abriga o antigo sino, já possui espera para futura instalação de um relógio automático.

Histórico da comunidade

A capela/escola construída na década de 1920, mas a comunidade católica só foi reconhecida oficialmente pela diocese em 21 de setembro de 1985, quando passou a ter direito de receber padres mensalmente, entre outras atividades eclesiais. A decisão foi reivindicada no período das Missões em março daquele ano, ao então pároco Antônio Zeno Graeff. Na época, o bispo Dom Alberto Frederico Etges já sugeria a construção de uma igreja mais ampla (realizada agora, 32 anos depois).

A escolha do padroeiro São Francisco de Assis ocorreu em 1988 após intensa mobilização comunitária. Em 1989 foi dado início à construção do salão e cemitério comunitário. O sino que também foi adquirido na época, teve como padrinhos Suzana Bersch e Rodrigo Kreutz.

Por daiane
Evento realizado na manhã de domingo, dia 11, contou com a presença de autoridades eclesiásticas, representantes políticos, líderes e comunidade em geral

Evento realizado na manhã de domingo, dia 11, contou com a presença de autoridades eclesiásticas, representantes políticos, líderes e comunidade em geral