Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 22 de Julho de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Evento em homenagem às mulheres reúne cerca de 350 pessoas

, 11 de março de 2017 às 9h30

Cerca de 350 mulheres comemoraram o seu dia de forma muito especial na noite de quarta-feira com a realização do 3º Chá Palestra Brechó. Promovida pelo Rotary Club de Arroio do Meio, a programação em homenagem ao Dia Internacional da Mulher proporcionou ao público feminino um momento de alegria e descontração.

Realizado no Clube Esportivo, o evento foi marcado por reencontro entre amigas que aproveitaram a noite para conversar e se divertir. Ao som de música instrumental, a noite iniciou com um bufê de doces e salgados, seguido da apresentação dos alunos da Escola de Música Josélia Jantsch Ferla que mostraram o seu talento e abrilhantaram a noite preparada especialmente para o público feminino.

Em seguida teve início a palestra “Mulheres com atitude são mais felizes”, ministrada pela palestrante Mileine Vargas. Ela iniciou sua fala contando um pouco da sua história e das dificuldades enfrentadas para chegar onde está hoje, frisando que as mulheres ainda precisam provar que são competentes para fazer o que fazem.

Citou a questão de cada um encontrar o seu propósito de vida e que quando isso ocorre não há sensação melhor. “Quando encontramos nosso lugar não há nada mais fantástico, afinal nossas escolhas são resultados do que plantamos”.

Mileine focou sua fala no quesito da autoconfiança e do quanto ela é importante na vida das pessoas. Segundo ela, quando se tem confiança, as coisas dão certo, mas sem ela se perde o controle da vida que é entregue para o destino. “Eu tenho que levar a minha vida e não ao contrário, pois quando se tem autoconfiança e autoestima elevada se consegue estabelecer respeito”.

Outro ponto abordado pela palestrante foi a questão do autoconhecimento. Segundo ela, ninguém tem como dar o próximo passo sem olhar para dentro de si. “Isso só ocorre quando você percebe que tem algo para mudar”. Disse que não devemos nos cobrar demais, e que “dar o meu melhor não significa se torturar com o que não deu certo. Se eu dou o meu máximo é o que importa, afinal não sou perfeito em tudo”.

Segundo Mileine, a falta de autoconfiança vem por meio da crítica dos pais e amigos, da autocrítica, de crenças antigas limitantes e de crenças religiosas. “O processo de mudança ocorre de dentro pra fora. Quando eu acredito em mim, o mundo aqui fora também vai passar a acreditar. Preciso conhecer os meus valores para que os meus propósitos façam sentido”. O momento também foi marcado por dinâmicas coordenadas pela palestrante.

A noite das mulheres encerrou com um brechó de roupas, calçados e acessórios, com peças doadas por comerciantes que são parceiros do Rotary. Parte do valor arrecadado no evento será revertido para o banco ortopédico.

Por daiane