Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 16 de Setembro de 2019

O Alto Taquari - Cotidiano

Jornal da Semana
Saúde

Município inicia trabalho com grupo de PCDs

, 14 de outubro de 2016 às 6h00

Arroio do Meio – Desde o final de setembro o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) conta com um Grupo de Convivência de Pessoas com Deficiência (PCDs). Formado por sete alunos com idades entre 14 a 59 anos, oriundos de várias localidades do município, os encontros do grupo ocorrem semanalmente nas terças-feiras pela manhã com várias atividades.

A equipe responsável é composta pela assistente social Fernanda Jachetti, psicóloga Greice Vendramin e pela oficineira Eliane Tischer. Hoje os encontros envolvem artesanato e trabalhos manuais, com a pretensão futura de estimular outras atividades como música e exercícios físicos. O projeto tem como objetivo estimular a integração e convivência dos participantes, aumentando sua autoestima e fazer com que se sintam valorizados. “É o momento de terem sua autonomia. De saírem de casa sozinhos, sem os pais, fazendo disso um momento único, e esse é o foco do projeto”, frisa Fernanda.

A formação do grupo de PCDs é a realização de um sonho iniciado em 2009. Porém não havia espaço e muito menos uma estrutura adequada para receber essas pessoas. “Para que isso fosse possível, foi necessário conquistar a confiança das famílias para que elas tivessem noção da importância desses encontros. Queremos integrar os familiares para que possam avaliar a evolução dos alunos. E esse contato é muito importante para esse grupo especial, pois eles se ajudam, se cuidam”, salienta a assistente social.

O Grupo de Convivência de Pessoas com Deficiência (PCDs) é uma iniciativa do Cras em parceria com a secretaria da Educação, que se responsabiliza pelo transporte dos alunos, além do apoio da Administração. O projeto foi viabilizado por meio de recurso federal e contrapartida do município.

Por daiane