Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 04 de Julho de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Especial

Desafio da entidade é amparar e defender os interesses da classe lojista

, 15 de julho de 2016 às 10h10

Arroio do Meio – No ano em que completa 45 anos de fundação, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Arroio do Meio prepara uma série de programações especiais. Nesta sexta-feira realiza seu Jantar dos 45 anos, no Clube Esportivo.

Ao longo das mais de quatro décadas, a entidade contabiliza inúmeras conquistas. O quadro de associados é crescente, assim como o próprio comércio local. Em entrevista, o presidente Lair José Fritzen, fala sobre a entidade, suas conquistas e desafios. Confira:

AT – A CDL chega aos seus 45 anos. Quais foram as principais conquistas da entidade ao longo desse período?

Lair José Fritzen – Certamente houve muitas conquistas ao longo desses anos. Em termos de bens materiais, acredito que a aquisição de nossas duas salas comerciais, sejam as que mais representam para nós. E, tratando-se de pessoas, consideramos uma grande conquista a equipe que possuímos hoje, que trabalha unida em prol do nosso crescimento e reconhecimento como entidade, além, claro, de cada associado que possuímos.

AT – Como vem evoluindo o quadro de associados nos últimos 10 anos?

Lair – De maneira crescente, na medida em que o número de comércios aumenta na cidade, também aumentam o número de associados. No último ano, obtivemos um aumento de 10%, totalizando 140 associados.

AT – Quais são os desafios da entidade e da classe lojista hoje?

Lair – O maior desafio da entidade é amparar e defender os interesses da classe lojista, buscando incansavelmente soluções para os desafios cotidianos, visando sempre o crescimento do município como um todo.

O grande desafio do comércio é a fidelização de seu cliente, visto que hoje há muita concorrência. Um ambiente aconchegante e acolhedor, aliado ao bom atendimento fazem a diferença.

AT – Hoje se fala muito em crise financeira. Como ela afeta nossos lojistas e como a CDL se posiciona diante deste cenário de instabilidade econômica?

Lair – Apesar da real existência da crise, ela não tem sido sentida com tanta intensidade em nosso município. Isso porque temos bastante trabalho e renda. O público em geral acaba retraindo-se um pouco por conta da situação, mas cabe a cada lojista a criação de chamadas para o aumento de sua atratividade. Para auxiliá-los a CDL oferece cursos, treinamentos, palestras e demais atividades voltadas ao âmbito comercial e motivacional, buscando levar até nossos associados, forças para enfrentar possíveis momentos de crise.

AT – A inadimplência é uma questão que sempre preocupa o comércio. Qual é a realidade de Arroio do Meio em termos de inclusão e exclusão de pessoas nos serviços de proteção ao crédito?

Lair – A inadimplência é uma questão que não vem de hoje, e que infelizmente continua forte. Hoje, muitos de nossos associados têm visão da importância do uso do SPC e, por isso, constantemente o utilizam para a leitura de dados e a adição/retirada dos mesmos. É, sem dúvida, uma ferramenta fundamental para vendas a prazo, pois evita futuros problemas de inadimplência.

Confira as demais programações do aniversário de 45 anos da CDL

25 de agosto – palestra com Cátia Schnorr

28 de setembro – Café.com

Outubro – palestra com data e tema a ser definidos

Novembro – Ação de Graças (em parceria com a Administração Municipal)

Dezembro – Show natalino (em parceria com a Administração Municipal)

Por daiane