Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 16 de Julho de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Fé e religiosidade marcam passagem de Corpus Christi

, 27 de maio de 2016 às 10h22

Arroio do Meio – O frio não impediu os fiéis de levantarem cedo, ontem, para confeccionarem os tradicionais tapetes de Corpus Christi na comunidade católica de Forqueta. As atividades começaram às 6h, reunindo cerca de 40 voluntários que realizaram um belo trabalho usando serragem colorida, farinha, areia, borra de café, pétalas de flores e pequenos acessórios.

Conforme o presidente da comunidade de Forqueta, o material usado para a confecção dos tapetes foi adquirido meses antes da celebração. Somente pétalas e folhas verdes foram feitas no dia anterior. Após a missa que iniciou às 9 horas, fiéis percorreram o trajeto dos tapetes saindo em frente da Igreja em procissão até a Casa Comercial Hermann.

No Centro, a missa seguida de procissão também reuniu dezenas de fiéis. A procissão saiu da Igreja Matriz, passando em frente ao Hospital São José, onde houve uma parada, seguindo pelas ruas São Luiz e Dr. João Carlos Machado, culminando na igreja.

O significado

No dia de Corpus Christi, a Igreja Católica no mundo inteiro celebra o Santíssimo Sacramento do Corpo e do Sangue de Cristo. Como tradição popular, muitos fiéis enfeitam as ruas com tapetes feitos à base de pó de serragem, com o objetivo de preparar o local para a procissão que traz o grande motivo da festa, Jesus Eucarístico.

Esta é uma solenidade que há séculos faz parte da vida dos cristãos católicos. A festa nasceu de uma prática da devoção popular que tem início no final do século IX, mas já no século XI ao XIII está muito difundida em vários lugares da Europa. Depois, em 8 de setembro de 1264, o Papa Urbano IV, com a Bula Transiturus, instituiu esta celebração para toda a Igreja.

A procissão lembra a caminhada do povo de Deus, que é peregrino, em busca da Terra Prometida. No Antigo Testamento esse povo foi alimentado com maná, no deserto. Hoje, ele é alimentado com o próprio Corpo de Cristo.

Por daiane

Comunidade Católica São Vendelino, de Forqueta, mantém a tradição de confeccionar tapetes coloridos para a celebração