Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 07 de Abril de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Saúde

Saúde e Educação unidas no combate ao Aedes aegypti

, 2 de abril de 2016 às 9h30

Arroio do Meio – Com o objetivo de reforçar as ações de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti e fortalecer a conscientização entre a comunidade escolar, as coordenadoras pedagógicas das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs) estiveram reunidas na última semana com a equipe da secretaria de Educação, secretária de Saúde, Maria Helena Matte e enfermeiro Rogério dos Santos Nunes. Na ocasião, os profissionais de saúde reforçaram as medidas de prevenção e esclareceram dúvidas sobre o mosquito que pode transmitir doenças como a dengue, zika vírus e chikungunya. As informações serão repassadas para toda comunidade escolar, visando ampliar a vigilância de cada cidadão diante do problema.

Durante o encontro, a secretária Helena relatou as medidas que o município vem tomando para manter a comunidade imune aos perigos do mosquito e reforçou a importância da conscientização e participação da comunidade na causa. “É fundamental que cada cidadão cuide da sua casa, pátio e terreno, mantendo as piscinas tratadas e eliminando pontos de água parada em vasos de plantas, pneus ao ar livre, caixas d’água abertas, tonéis e latões, entre outros”, alerta. Segundo a secretária, o trabalho de prevenção é realizado diariamente pelas agentes comunitárias de saúde durante as visitas domiciliares. Além disso, o agente epidemiológico realiza o monitoramento quinzenal das larvas do mosquito, com visitas técnicas a cemitérios, borracharias e ferros velhos, considerados pontos estratégicos de proliferação dos mosquitos. A prática é realizada durante o ano inteiro, de forma ininterrupta, junto ao monitoramento semanal às 28 armadilhas espalhadas por diferentes localidades.

Essa semana algumas ações já foram realizadas em escolas. Na Emef João Beda Körbes, do bairro Aimoré, os alunos dos 8º e 9º anos desenvolveram o assunto e apresentaram para a Educação Infantil e Anos Iniciais. A partir desta sensibilização, outras atividades serão desenvolvidas entre as turmas. Já na Emef São Caetano, os alunos do 4º ano realizaram o plantio de mudas de Citronela e prepararam uma infusão repelente natural a partir das folhas da planta.

Aprenda a fazer a infusão repelente à base de Citronela, desenvolvida pela Emef São Caetano:

Material: Vidro grande; Álcool 92,8 WP; Água; Medidor e Folhas de Citronela;

Modo de preparo: Coloque as folhas picadas em vidro e derrame álcool 70% (70 ml de álcool e 30 ml de água) sobre as mesmas. Deixe por uma semana em repouso e depois coloque em garrafinhas com furos na lateral, para sair o aroma.

Por daiane