Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 07 de Abril de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Economia

Empresas locais garantem pacote ilimitado de internet

, 23 de abril de 2016 às 9h30

Arroio do Meio – Usuários de internet pelo celular, já estão acostumados com o aviso sobre a redução da velocidade quando o limite do pacote de dados é atingido. Essa mesma medida pode ser adotada aos usuários da internet fixa, aquela usada em casa ou no trabalho. Uma prática de mercado que começou a ser utilizada este ano, passou a limitar a níveis menores o pacote de dados dos usuários de telefonia fixa, da mesma forma como já acontecia com a telefonia móvel. Esse “tamanho” é a chamada franquia de dados.

Funciona da seguinte forma: com a franquia menor, o pacote de internet poderia terminar depois que o usuário assistisse a cerca de 10 vídeos no Youtube ou 10 episódios de alguma série em um serviço de streaming, como o Netflix. Depois que o consumidor atinge o limite da franquia, a internet é cortada ou diminui drasticamente sua velocidade até o mês seguinte. A reclamação é geral por parte dos usuários, que usam a internet para assistir filmes e seriados, pois a franquia menor limitará muito o acesso à internet.

Anatel proíbe restrição

Nesta semana, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) proibiu, por 90 dias, as operadoras de serviços de internet em banda larga de restringir a velocidade, suspender serviços ou cobrar excedente caso seja ultrapassado os limites da franquia. Segundo a determinação, fica estabelecida uma multa diária de R$ 150 mil em caso de descumprimento, até o limite de R$ 10 milhões.

Continuidade dos pacotes

As empresas que prestam serviço de internet fixa em Arroio do Meio e região – a BrasRede e NetGaúcha – garantem que mesmo com a aprovação da lei que limita o acesso a internet, continuarão oferecendo pacote de dados ilimitado. Segundo os responsáveis pelas duas empresas, o serviço não sofrerá mudanças, já que o foco é o cliente.

Conforme Marco Antônio Barth, gerente comercial da BrasRede, algumas empresas que prestam serviços de internet fixa adotaram medidas limitando o pacote de dados a seus clientes. Por sua vez, afirma que a empresa não tomará medida semelhante, que venha prejudicar seus clientes. Disse ainda, que a BrasRede não pretende limitar o pacote de dados, a não ser que o mercado assim o exigir. “Não pretendemos ter lucro sobre um produto no qual nossos clientes possam ser prejudicados. Para nós não mudará absolutamente nada. A não ser que o mercado nos impeça de tomar tal atitude”, observa.

Ronaldo Giordani, gerente comercial da NetGaúcha, observa que o foco é o cliente, por isso, não adotará nenhum sistema de franquia. Mesmo que a lei permitir. Revela que atualmente existe necessidade muito grande de acesso ilimitado, uma vez que as pessoas usam a internet para trabalhar e se divertir. “Hoje se faz muita coisa pela internet como ver filmes, por exemplo. Para isso, é necessário um pacote ilimitado, que atenda as expectativas do internauta”, salienta.

Por daiane

No novo modelo, o usuário contrata um volume de dados e a velocidade de conexão. Quando acabarem os megabytes do pacote, a operadora suspende o serviço ou diminui a velocidade da conexão