Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 18 de Janeiro de 2021

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Economia

Administração Municipal conhece novo complexo industrial da Serraf

, 24 de março de 2016 às 6h00

Arroio do Meio – O prefeito Sidnei Eckert, vice Áurio Scherer, coordenador das Secretarias, Klaus Werner Schnack e secretários municipais conheceram essa semana as novas instalações da Serraff – Indústria de Trocadores de Calor Ltda, localizada às margens da ERS 130, em São Caetano. No local foram recepcionados pelo diretores João Carlos Scheibler, Marinês Capoani Scheibler e Vanderson Scheibler e assessores, que conduziram o grupo para uma visita técnica à empresa que produz e comercializa as linhas de condicionadores de ar, refrigeração e evaporadores de ar forçado, com foco na diversificação em segmentos de atuação e clientes.

Com 28 anos de atuação no mercado nacional e recente ingresso no internacional, com exportação para o Uruguai, a empresa conta com 90 colaboradores diretos, para os quais disponibiliza biblioteca, refeitório e espaço de estar, num ambiente que estimula a criação de líderes. A ampliação teve início no final de 2012, culminando na construção do novo centro administrativo, ampliação do pavilhão de produção e otimização do espaço existente para melhorias de infraestrutura, totalizando 5 mil m² de área construída, num investimento superior a R$ 4,5 milhões. Junto a isso, a empresa adquiriu uma área lateral, que permitiu mais mobilidade à sua rotina.

Ainda em 2013, a Administração Municipal assinou o contrato de repasse de R$ 550 mil à Serraff, como forma de incentivo ao desenvolvimento da empresa que nasceu e se desenvolveu em Arroio do Meio. Em contrapartida, a empresa deverá permanecer no município durante o prazo mínimo de cinco anos, período em que deverá retornar aos cofres públicos o incentivo recebido, através do incremento do seu valor adicionado. “Uma empresa que nasceu, cresceu e se desenvolveu no município, gerando emprego e renda para a comunidade. Temos que incentivar e nos orgulhar”, salienta Eckert.

Por daiane