Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 15 de Novembro de 2019

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Geral

Irmãos Gabriel inovam e criam cemitério para pequenos animais

, 18 de dezembro de 2015 às 6h00

Arroio do Meio – Só quem tem um animal de estimação sabe quanto amor está envolvido nesta relação. Ninguém gostaria de perdê-lo, mas inevitavelmente um dia todos, inclusive os humanos, hão de partir. E é justamente pensando nesta partida que os irmãos Nélio e Astor Gabriel da AgroVida Pet Shop, estão colocando uma nova opção aos proprietários, o Pet Memorial Morada da Colina.

O cemitério para pequenos animais está localizado em Forqueta Baixa e foi aberto pela primeira vez para visitação no último sábado à tarde. O espaço, pioneiro na região, comporta o sepultamento de até 1260 pets de pequeno, médio e grande porte. São 2301 m², havendo a possibilidade de expansão. A área destinada ao sepultamento está dividida em três segmentos, de acordo com o tamanho do animal.

Além disso, há uma sala na qual os proprietários poderão ter um momento reservado para a despedida. Para quem quiser oferecer um sepultamento mais incrementado, há ainda a possibilidade de adquirir um caixão. Há vários modelos e tamanhos disponíveis.

Nélio e Astor, ao apresentarem o empreendimento, agradeceram a todos que colaboraram e trabalharam para que se tornasse realidade, bem como aqueles que acompanharam a primeira visitação. Os irmãos apostam no cemitério como um investimento de âmbito regional e entendem que quem gosta do seu animal de estimação vai se preocupar em lhe dar um destino adequado ambiental e emocionalmente. “Agora estamos oferecendo esta possibilidade”, frisam.

Por se tratar de uma iniciativa privada, os interessados deverão fazer um investimento para sepultar seu animal de estimação no Pet Memorial Morada da Colina. O valor dá direito a permanência no local por um ano. Depois disso, o proprietário tem a opção de renovar a permanência, com o pagamento de uma taxa, ou liberar o espaço com a transferência dos restos mortais para o ossário.

Quem quiser conhecer o novo empreendimento tem a oportunidade na tarde deste sábado, quando o Pet Memorial estará novamente aberto para visitação.

Por daiane

Astor e Nélio reforçaram a preocupação com as questões ambientais. Foram dois anos desde o início do processo de licenciamento até a autorização para operar