Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 03 de Agosto de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Educação

Escola tem pesquisas selecionadas em mostra científica

, 22 de junho de 2015 às 9h15

Arroio do Meio – Em evento realizado no último dia 11, no município de Sério, Arroio do Meio foi reconhecido por três pesquisas inscritas na Mostra Científica Regional, desenvolvidas pela Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Professor Arlindo Back, de Forqueta, por meio do projeto Verde é Vida. Desenvolvido desde 2009 no município, a partir do contato da Administração Municipal com a Afubra, o Verde é Vida evidencia a cultura, os costumes e a história da comunidade local.

Sob o enfoque “Histórias e Memórias”, as pesquisas intituladas ‘Frutas, cores e sabores’, ‘Ecoturismo e Turismo Rural’, ‘Caminhos da Forqueta e Farmácia Viva’ foram selecionadas, e participarão da grande final da mostra, a realizar-se em 22 de outubro, em Arroio do Meio. Na ocasião, será escolhida a pesquisa que representará a região de Venâncio Aires na Expoagro Afubra 2016, confirmada para 21 a 23 de março, em Rincão del Rei, Rio Pardo. Os municípios de Sério e Boqueirão do Leão também participam da final, com uma pesquisa cada.

De acordo com a coordenadora local do projeto, Marlise Führ, além das pesquisas científicas, o Verde é Vida contempla ações de coleta de sementes nativas e de óleo saturado, atividades de grupo ambiental, manutenção

do relógio dos chás em frente à escola, pesquisas e demais oficinas envolvendo alunos desde a Educação Infantil até o 9º ano. “É um projeto que ultrapassa os muros da escola, uma oportunidade de interação entre escola e comunidade”, explica. “Os alunos saem a campo, conversam com pessoas da comunidade, trazem para a escola a vivência e a experiência das gerações que ajudaram a construir a história da comunidade”, complementa.

Sobre o Verde é Vida: O projeto existe desde 1991. Arroio do Meio participa desde 2009, junto a outros municípios que integram a região de Venâncio Aires. O Verde é Vida tem por objetivo resgatar a história de comunidades rurais e incentivar a cultura familiar e sua continuidade através da diversificação da produção, integrando com o meio ambiente. Para isso promove oficinas que vão de encontro ao interesse dos alunos, famílias e comunidade.

Por daiane