Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 27 de Novembro de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Educação

Ano letivo começa com melhorias nas escolas

, 28 de fevereiro de 2015 às 9h30

Arroio do Meio – A semana começou com o retorno de mais de dois mil alunos às 13 Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs), na última segunda-feira, 23, marcando o início do ano letivo. Na volta, alunos e professores encontraram escolas limpas e organizadas, já que no período de recesso escolar, como de costume, foram executados serviços de limpeza das caixas d’água, desinsetização, roçadas, revisão da iluminação das salas e ambientes, além de outras reformas e melhorias.

Na Emef São Caetano o serviço continua. No local está sendo executado o reforço da rede de energia elétrica e substituição de fios. O prefeito em exercício, Áurio Scherer e a secretária de Educação, Eluise Hammes, estiveram essa semana visitando o local.

De acordo com a diretora da escola, Andréa Lange Barth, a obra atende a uma antiga necessidade da escola, considerando que a rede existente não comportava mais a demanda de aparelhos eletrônicos, em especial dos condicionadores de ar, o que provocava frequentes quedas da energia elétrica. “Várias ampliações foram feitas e aparelhos eletrônicos instalados na escola ao longo dos anos, gerando a necessidade deste reforço na parte da energia elétrica, para suprir a demanda”, explica. A nova rede está sendo instalada de forma subterrânea, o que elimina a presença de fios no pátio da escola. O investimento é de aproximadamente R$ 14 mil.

Já na Emef Afonso Celso, de Picada Arroio do Meio, foi executada a drenagem e adequação do pátio, troca total e nivelamento do piso instalado em frente ao prédio escolar, além da rampa de acessibilidade para portadores de necessidades especiais. A obra foi realizada por meio de uma parceria entre Administração Municipal, Círculo de Pais e Mestres e comunidade local.

Arroio do Meio investe anualmente cerca de R$ 15 milhões no setor da Educação, o que representa mais de 30% do orçamento do município. Esses recursos são utilizados nas 13 Emefs e oito Escolas Comunitárias de Educação Infantil (Eceis), que atendem juntas cerca de três mil crianças e adolescentes.

Por daiane