Jornal O Alto Taquari  .  Arroio do Meio, 01 de Outubro de 2020

O Alto Taquari

Jornal da Semana
Polícia

Diminui o número de mortes em rodovias estaduais em 2014

, 17 de janeiro de 2015 às 9h30

Um levantamento feito pelo comando da Polícia Rodoviária Estadual apontou que o número de acidentes em rodovias estaduais diminuiu na comparação entre 2013 e 2014. Número que vinha crescendo nos últimos anos. Em 2014 foram registrados 12.706 acidentes, contra 13.343 no ano anterior.

Nesse período, houve também redução do número de mortes no trânsito. De 2010 a 2014, morreram 2.615 pessoas vítimas de acidentes em rodovias Estaduais. O maior número de ocorrências aconteceu em 2012, quando 557 pessoas perderam a vida em razão do trânsito. De lá para cá o número vem diminuindo consideravelmente, em 2013 foram 542 vítimas e em 2014, também houve redução com 486 mortes. Isso se deve ao aumento da fiscalização e ao endurecimento das regras de trânsito que ficaram mais rígidas nos últimos anos.

Enquanto as mortes diminuíram, o número de infrações emitidas nessas rodovias cresceu de forma assustadora. Em 2013 foram autuados 406.741 condutores, já em 2014 esse número subiu para 615.902 infrações aplicadas, ou seja, quase 210 mil a mais de um ano para o outro.

O salto maior foi referente às multas aplicadas por radar fotográfico. Em 2013, 54.663 motoristas foram autuados por esse tipo de aparelho, número bem maior registrado em 2014 quando 283.664 condutores foram pegos pelos radares móveis e fixos. Ou seja, um aumento de mais de 400%.

Da mesma forma ocorreu em relação autuações por embriaguês que tiveram queda entre 2012 e 2013, mas acabaram tendo elevação entre 2013 e 2014. Foram 2.855 multas aplicadas em 2013 contra 3.454 em 2014.

Mortes aumentam na ERS 130

Ao contrário da média das rodovias estaduais em que o número de mortes caíu, o trecho da ERS 130 que corta o município, entre os quilômetros 75 ao 92 teve aumento no período. De 2010 a 2013, foram sete vítimas, já em 2014 foram cinco, totalizando 12 pessoas que perderam a vida no trânsito. A VRS 811 também foi palco de duas mortes nesse período, uma em 2010 e outra em 2014.

Conforme Fábio Railander Dias Silveira – 1° Sgt e Comandante da Policia Rodoviária Estadual com sede em Encantado, o trajeto entre os quilômetros 75 ao 92 apresenta em certos pontos, características de vias urbanas, o que exige do motorista atenção diferenciada, o que pode aumentar o número de acidentes e mortes. O número de empresas às margens dessa rodovia também é grande, por isso, há muitas pessoas transpondo o local o que pode gerar acidentes, por imprudência tanto do condutor como do pedestre.

Ele comenta que o condutor precisa estar preparado ainda para as condições adversas do trânsito que podem surgir a qualquer momento, como trânsito intenso e condições meteorológicas como: chuva, neblina e cerração. “Ainda, é preciso citar o agente mais importante no trânsito, o ser humano, que algumas vezes é a maior condição adversa à segurança viária, principalmente quando passa a dirigir sob influência de álcool, abalado psicologicamente, ou aquele que dirige imprudentemente”, disse.

Principal responsável

Para Silveira, a principal causa de acidentes recai sobre o condutor. Seja pelo comportamento inadequado desrespeitando as normas de trânsito, ou pela falta de prática na condução do veículo. “É interessante ressaltar que se todos os atores do trânsito, (condutores, passageiros, ciclistas, pedestres), praticassem um comportamento defensivo, tomando atitudes em prol do coletivo, dirigindo de modo a evitar acidente mesmo em condições adversas, teríamos um trânsito mais seguro, inclusive na ERS 130”, citou.

Principais infrações

O Sargento ressalta que, dirigir em excesso de velocidade; sem usar o cinto de segurança; ultrapassar em local proibido; deixar de indicar com antecedência com gesto convencional de braço ou sinalização a intenção de dobrar, são as principais infrações cometidas pelos condutores no trecho entre Arroio do Meio e Encantado.

Para reduzir a imprudência, o número de acidentes e mortes no trecho, o comando da Polícia Rodoviária Estadual tem feito, fiscalização, orientação aos condutores, palestras, e divulgação dos acidentes para conscientização dos motoristas.

Álcool e direção

Segundo Silveira, o número de autuações de embriaguez ao volante tem diminuído consideravelmente na ERS 130. Na comparação com 2013 e 2014 a diminuição foi de aproximadamente 26% no último ano, percentagem considerada baixa pelo policial que chama atenção para os perigos de dirigir sob influência de álcool.

Por daiane